busque no blog
90 notícias
A redenção da humanidade - Gn 11
UMA DECISÃO IMPORTANTE Mc.10:17-25












 
Blog do Pastor Verlaini
BUSCA


Publicado em 29/11/2016 às 09h38min

Quando Deus age I Sm. 10:5-7





Quando falamos de Saul só lembramos de fatos ruins, da perseguição á Davi, de seus pecados, da consulta a uma necromante, mas a Bíblia relata fatos importantes sobre a vida deste homem, como a humildade.

O texto bíblico explica que duas jumentas do pai de Saul haviam-se perdido e que seu pai o incumbiu de encontra-las.

Saul já estava a ponto de desistir, depois de exaustivos três dias de procura, quando o moço que o acompanhava sugeriu que procurassem “um homem de Deus”: “Eis que há nesta cidade um homem de Deus, e homem honrado é; tudo quanto diz, sucede assim infalivelmente. Vamo-nos agora lá, porventura nos mostrará o caminho que devemos seguir” I Sm 9:6

Notem que o jovem falou “um homem de Deus” - quanta diferença faz em um bairro, cidade, num país, a vida de um homem de Deus!

E, sem que Saul dissesse nada, o profeta lhe tranqüilizou quanto às jumentas, afirmando que estas já tinham sido encontradas.

Ao ouvir as grandiosas palavras do profeta, eis a reação de Saul: “Porventura não sou eu filho de Benjamim, da menor das tribos de Israel? E a minha família a menor de todas as famílias da tribo de Benjamim? Por que pois me falas com semelhantes palavras?”. Em outras palavras, Saul não conseguia crer que aquelas palavras eram para ele porque se sentia pequeno. Gideão, Moisés.

A humildade é necessária para que haja dependência de Deus.

Sem esta dependência os grandes planos de Deus não se concretizam em nós.

Assim, a Bíblia ensina a humilde dependência do poder de Deus:

Deus resiste aos soberbos; dá, porém, graça aos humildes” (Tg 4:6)

cingi-vos de humildade uns para com os outros, porque Deus resiste aos soberbos, mas dá graça aos humildes”. I Pe 5:5

É o Espírito Santo de Deus quem faz toda a diferença em nossas vidas e nos torna capazes de viver os propósitos que o Senhor tem para nós.

Enquanto Saul viveu na dependência do Espírito, sua vida foi abençoada.

Tudo mudou quando ele se colocou na rebeldia e na desobediência, anos mais tarde.

Humildade e confiança são pré-requisitos de quem quer ser abençoado.

 
Fonte/Autoria:

 
Publicado em 16/11/2016 às 09h34min

Como garantir os cumprimentos das promessas de Deus





Já aconteceu em alguma ocasião da sua vida entregar um assunto para de Deus e não ver nada mudar ou melhorar? A Bíblia diz: Entrega o teu caminho ao Senhor, confia nele, e o mais ele fará” – Salmo 37.5. O que deu errado? Há algumas possibilidades destas entregas terem dado errado.

Uma Entrega Aparente - Muitas vezes nos aproximamos de Deus e, aparentemente, entregamos a Ele o nosso caminho; no entanto, no íntimo, retemos o problema. Ex: Uma pessoa vai a uma agência dos correios, compra um envelope, especifica o destinatário e o remetente de forma correta, fecha o envelope, e paga um Sedex; porém, se esquece de colocar dentro do envelope os documentos que queria enviar. Fez “tudo certinho”, mas esqueceu o principal, o essencial.

Uma Entrega Parcial - O verso bíblico não diz, entrega um caminho; nem diz para entregar parte do caminho. Ele diz: Entrega o teu caminho…”,todo o caminho; a vida; a questão inteira, com tudo que a rodeia: ENTREGA

 A dívida, e toda a ansiedade e vergonha que vem junto.
 O casamento e os sentimentos. (Alegrias e tristezas)

 A raiva, o ódio e a humilhação que tens experimentado.
 O emprego, e todas as preocupações e estresses.

 Aquele pecado, e toda a tristeza que ele tem lhe provocado.

Uma Entrega Momentânea - Muitas vezes entregamos o nosso caminho ao Senhor de forma real e completa, no entanto, tão logo saímos de sua presença, nós o pegamos de volta para resolver à nossa maneira. Acho que Deus fica se perguntando: “-Onde estão os problemas que meus filhos deixaram aqui no altar na hora do culto?”

“Se eles pretendiam leva-los de volta, porque disseram que os estavam entregando para mim?”.

Ao contrário desta atitude, podemos afirmar que biblicamente “entrega” sempre são definitivas.

SE, verdadeiramente, ENTREGARMOS nosso caminho ao Senhor.

SE, verdadeiramente, CONFIARMOS nele (em Seu poder, caráter e intenções). Veremos Deus agir.

Deus cumprirá Suas promessas, a Seu modo, em Seu próprio tempo, somente após lhe entregarmos o nosso caminho de forma incondicional e confiarmos Nele de todo o nosso coração.

Se Houve algum problema com a “entrega” concerte agora e envie novamente ao Senhor.

 

 
Fonte/Autoria:

 
Publicado em 27/09/2016 às 09h13min

A redenção da humanidade - Gn 11





O pecado implantou na mente dos homens a ilusão que os faz acreditar que podem conseguir o que planejam. Isto está enraizado em uma atitude que os faz confiar em suas próprias capacidades em vez de confiarem no Poder de Deus. Nessa atitude os homens apresentam o orgulho em uma busca constante de glorificarem seus próprios nomes. A respeito destas coisas temos o alerta constante das Escrituras e em especial neste texto que nos mostram que somente Deus tem a palavra final, e que só Ele tem o poder, e que também só ele deve ser glorificado. É especialmente na obra de Deus na redenção de seu povo que estas verdades são mais enfatizadas.

Apesar de que os homens procuram exaltar-se em vez de dar glória a Deus, o Senhor Soberano sempre prevalece. No caso de Babel Ele confundiu a linguagem o que fez com que eles tanto interrompessem o projeto pecaminoso, como seguissem o plano de Deus de povoar a terra. Nunca devemos crer que não precisamos de Deus em nossos planos, mas humildemente em tudo reconhecer a completa Soberania de nosso Deus.

De Abrão viria Cristo o Salvador de seu povo. Quando vemos o projeto humano da torre de Babel, observamos a diferença com o projeto do Soberano Deus, que se resume em salvar a toda humanidade. O que fazer então? Confiaremos em nosso braço, para sermos salvos, ou alcançarmos bem- aventurança? Ora, essa é a loucura do pecado humano que se manifestou desde Genesis 3 lá no Éden. O que fazer então? Confiar inteiramente na graça de Deus manifestada a nós em Cristo Jesus Nosso Senhor. Não sigamos o exemplo de Babel, mas de Abraão, homem de fé. A graça nos basta!

Os planos humanos, alheios a vontade de Deus, não passam de tolice, pois não se sustentam, tornando-se, assim, vãos. Mas os planos do Deus Único são certos, pois o que os sustenta é o Deus Fiel, Todo Poderoso, e Soberano. E sobre isso devemos ser-lhes gratos, pois em sua graça determinou salvar um povo para si em Cristo o seu Filho. Confiemos só Nele e abandonemos toda a loucura da autoconfiança!

 
Fonte/Autoria:

 
Publicado em 20/09/2016 às 09h50min

UMA DECISÃO IMPORTANTE Mc.10:17-25





 Em um mundo onde se diz que “tempo é dinheiro” ser objetivo é condição primordial para se Ter sucesso. Ser objetivo é saber aquilo que se faz e como se faz.

Todos nós temos a tendência de fazer perguntas para, esclarecermos situações ou dúvidas. Vemos desde cedo as crianças passarem pela fase de perguntas e questionamentos, tais como: Por que? Onde? Quando? Para que? Nem sempre temos as respostas para todas as perguntas e questionamentos, mas este jovem quando se encontra com JESUS veio à sua mente uma série de questionamento, inclusive sobre à vida eterna.

V.17  ... “Bom Mestre, que hei de fazer para herdar a vida eterna?Esta é a pergunta das perguntas. Esta pergunta é que nos leva a viver o evangelho e ter esperança tanto aqui nesta terra com na “terra” futura que iremos habitar eternamente. Este jovem tinha objetivo. Ele tinha uma finalidade

Era um homem rico, respeitado e de posição social elevada. V.22 Tinha uma conduta exemplar, um homem acima de qualquer suspeita moral (homem de caráter). V.20

Era um homem destemido ao ponto de se ajoelhou em público diante de JESUS que não era uma unanimidade diante do povo judeu, para muitos Ele não passava de um subversor da ordem. Estava preocupado seriamente com a salvação da sua alma V.17.

Mas ainda estava lhe faltando algo.

Tinha tudo e ao mesmo tempo um grande vazio na sua alma.

Muitas vezes temos chegado diante de DEUS neste estado (vazios e sem perspectivas). Faltava-lhe tomar uma decisão. Qual é a decisão que precisamos tomar hoje?

JESUS tomou a decisão que mudou a nossa história na cruz do calvário.

Todas as decisões aparentemente causam algum dano àqueles que decidem, mas  no futuro, nós que cremos em Deus, teremos o suporte nestas iniciativas. Ele é poderoso.

Tome decisões em JESUS e sinta a Alegria, Vitória e Libertação.

Tenha ação diante de uma decisão.

Pregamos muito, ouvimos muito, mas, colocamos muito pouco em prática. O exemplo maior disto é quando necessitamos perdoar, a quem nos ofendeu.

As pessoas precisam ver em nós e em nossas Bíblias , não apenas palavras, mas um vivenciar desta palavra.

 

 
Fonte/Autoria:

 
Publicado em 25/08/2016 às 10h29min

A BENÇÃO - Gn 49:1-2; 22-28





Você sabe qual é a benção específica de Deus para você?

A palavra hebraica usada no V.T para benção é uma das mais importantes da

Bíblia. Ela é usada 640 vezes no Velho Testamento e tem muitas funções.

Fomos criados para BÊNÇÃO. Este é o plano de Deus para nós. Embora muitos ainda estejam debaixo de um regime de maldição, fomos criados para a bênção.

Gn 12:3 Deus diz a Abraão que, por meio de seus descendentes (Cristo ) ... todas as famílias da terra serão abençoadas.

A benção era uma oportunidade para aproximar um grupo. Moisés reunia o povo para os abençoar, Daví, Salomão também faziam assim. Existe uma unção especial da benção de Deus quando nos reunimos, pois o Espírito Santo está no meu de nós.

A benção era uma ocasião para invocar a proteção de Deus. Antes de qualquer viajem o membro da família recebia uma benção especial.

A benção era usada para marcar um importante rito de passagem- nascimento, casamento – passagem da liderança de uma geração mais velha para mais nova.

Nada pode revogar a bênção de Deus sobre nós. Ainda que o inferno se levante para nos amaldiçoar, isto não terá valor, pois já fomos abençoados por Deus em Cristo Jesus.

Nm 23 –Balaque manda buscar um profeta, Balaão para amaldiçoar o povo de Israel – e este profeta quando abria sua boca para amaldiçoar, proferia uma bênção, pois aquele povo tinha uma “proteção especial” a bênção de Deus

V8 “...Como posso amaldiçoar a quem Deus não amaldiçoou? Como posso denunciar, a quem Deus não denunciou? V23 “Pois contra Jacó não vale encantamento, nem adivinhação contra Israel.”

José recebeu uma bênção muito especial – tão especial que o levou a viver uma vida de EXCELÊNCIA – Em toda sua caminhada, desde adolescente, José experimentou EXCELÊNCIA – pois ele tinha consciência e não abriu mão em momento algum da BÊNÇÃO DE DEUS NA SUA VIDA.

 NA TIPOLOGIA BÍBLICA = José era um modelo, um símbolo, uma marca antecipada daquilo ou daquele que havia de vir. José nos apresenta a ideia do SALVADOR.

 O Espírito Santo que estava em Jesus está em nós. O poder de Deus que estava em Jesus – opera em nós através do Espírito Santo

Em Jesus eu tenho acesso ás bênçãos dos altos céus e ás bênçãos das profundezas. Isto é excelência em Deus – buscar não só as bênçãos aqui da terra- mas buscar as bênçãos das profundezas e dos altos céus.

 
Fonte/Autoria:

 
Publicado em 17/08/2016 às 11h37min

Livre de Maldição APOCALIPSE 22:1-5 V 3 “Nunca mais haverá qualquer maldição”





No céu não haverá qualquer maldição. MALDIÇÃO =  A Bíblia nos fala de BENÇÃO , mas fala de maldição também. O último versículo do Velho Testamento , traz uma declaração forte e poderosa:

Ml 4:5-6 “ Eis que vos enviarei o profeta Elias, antes que velha o grande e terrível Dia do Senhor; ele CONVERTERÁ O CORAÇÃO DOS PAIS AOS FILHOS E O CORAÇÃO DOS FILHOS A SEUS PAIS, PARA QUE EU NÃO VENHA E FIRA A TERRA COM MALDIÇÃO”

As famílias cristãs estão assoladas pela maldição da OFENÇA, da divisão, do divórcio, da mágoa, do ódio....

                MAS PARA NÓS QUE ESTAMOS EM CRISTO EXISTE UMA PROMESSA DE BENÇÃO E NÃO DE MALDIÇÃO

Gl 3:16 “ Ora, as promessas foram feitas a Abraão e ao seu descendente Jesus”. Quais promessas?

Gn 12:1 “ de ti farei uma grande nação -  Te abençoarei - Te engrandecerei o nome -  Sê tu uma benção - Abençoarei os que te abençoarem. Amaldiçoarei os que te amaldiçoarem. EM TÍ SERÃO BENDITAS TODAS AS FAMÍLIAS DA TERRA

                FAMILIAS REGIDAS PELA MALDIÇÃO . Quantos de nós gostaríamos de ser como nossos pais?

Quantos de nós gostaríamos que nossos filhos se relacionassem conosco assim como nos relacionamos com nossos pais?

Quantas vezes nos deparamos agindo assim como nossos pais?

Alguem disse -  um dia ns aprendemos que temos mais dos nossos pais do que gostaríamos de ter.

Nossos filhos reproduzirão nossas atitudes. Nossos filhos não ouvem as nossas  palavras, eles ouvem nossas ações motivadas pelos nossos sentimentos, aquilo que está no nossos coração. Muitos de nós já estamos experimentando o amargo desprezo dos nossos filhos, que estão reproduzindo o nosso desprezo pelo nossos pais. E se esta maldição não for quebrada, os nossos netos vão reproduzir o desprezo de nossos filhos por nós.

RELACIONAMENTOS QUEBRADOS GERAM MALDIÇÃO DA DESONRA - Muitos de nós viemos de uma cadeia de desonra. A DESONRA GERA MALDIÇÃO . A HONRA GERA BENÇÃO

 O primeiro mandamento com promessa  Honra o seu pai e a sua mãe  para que se prolonguem os teus dias na terra que o Senhor, teu Deus, te dá”. Honrar seu pai e sua mãe não é uma opção. É um mandamento

Mas como vou honrar meus pais? Eles não me trataram com honra, eles me abandonaram, eles foram horríveis comigo. Eu tenho muitos traumas por causa da negligencia dos meus pais. Meus pais me rejeitaram. Meus pais me abandonaram (abandono emocional). Meus pais não me amam. Meus pais não me entendem. Meus pais tratam melhor meu irmão do que eu. A QUESTÃO AQUI NÃO É SE SEU PAI É BOM. A QUESTÃO AQUI É OBEDECER A UM MANDAMENTO DE DEUS E ALCANÇAR A BENÇÃO DE DEUS

 Só existe uma forma de quebrar a maldição da desonra = PERDOANDO NOSSOS PAIS

SEM PERDÃO NÃO CONSEGUIMOS HONRAR . SEM PERDÃO NÃO CONSEGUIMOS OBEDECER A DEUS. SEM PERDÃO FICAMOS PRESOS AOS ERROS DOS NOSSOS PAIS, E NÃO SAIMOS PARA ASSUMIR NOSSA HISTÓRIA. SEM PERDÃO FICAMOS PRISIONEIROS DAS MALDIÇÕES QUE ASSOLAM NOSSA FAMILIA POR TANTAS GERAÇÕES

= O PERDÃO TEM PODER PARA QUEBRAR A MALDIÇÃO DA DESONRA

= O PERDÃO TEM PODER PARA NOS LIBERTAR DAS OFENSA

                  No céu não haverá maldição alguma, então se queremos entrar no céu, necessitamos ficar livre de toda e qualquer maldição.Esta é uma das marcas de Jesus na nossa testa. Eu vivo debaixo da benção de não da maldição. Josué num momento de decisão ele se posicionou como homem, como pai, como sacerdote e disse “ eu e minha casa serviremos ao Senhor”

 

 
Fonte/Autoria:

 
Publicado em 11/08/2016 às 10h13min

A VISÃO DO REINO PARA NÓS - Lv.21:17-23





Para que possamos entender o texto, é necessário sabermos que os descendentes de Arão eram os escolhidos para serem sacerdotes.

Só eles se achegavam até o véu que separava o Lugar Santo do Santo dos Santos, onde ficava o altar. Portanto oferecer o pão era privilégio dos descendestes de Arão, porém alguns eram proibidos de exercer esta função devido às certas deformidades.

Segundo a Bíblia hoje todos nós somos sacerdotes.

I Pedro 2:9 Mas vós sois a geração eleita, o sacerdócio real,... Vemos cristãos que passam por esta terra e conquistam praticamente tudo que a vida os poderia lhe oferecer. São salvos, são dizimistas, participam da ceia, frequentam as reuniões, são bem casados, saem de férias pelo menos uma vez por ano, tem um plano de saúde. São rodeados de amigos, sempre têm o pão à mesa, abençoado por DEUS. Mas existem alguns que além de se fartar-se do pão oferecido por DEUS, podem também oferecê-lo no altar.

No reino de DEUS há dois tipos de sacerdotes:

01 - COMEDORES DE PÃES:Que se limitam só em comer o pão de DEUS. Vão passar a eternidade com JESUS, serão abençoados. Viverão uma vida boa, não se abdicarão de quase nada em suas vidas, mas não terão as experiências com DEUS.

02 - SERVIDORES DE PÃES: Serão abençoados também, pois além de receberem o pão, vão abençoar outras pessoas servindo-as.

A verdade é que nem todos podem servir o pão de DEUS, a menos que se disponham a satisfazer as condições divinas. Em que grupo você se encaixa?

Muitos os que estão só comendo o pão de DEUS, poderiam estar servindo, mas infelizmente estão acomodados, só comendo.

DEUS quer no altar pessoas que podem Ter uma vida abençoada, mas também podem ser abençoadoras.

Quando a fé começa a agir em nós, começamos a enxergar o invisível. Não podemos mais basear a nossa vida, somente naquilo que podemos apalpar.

Temos que enxergar na frente, temos que visualizar, não podemos ser cegos espirituais. A pior coisa que pode acontecer é quando temos uma visão, sabemos das possibilidades e as pessoas que estão a sua volta não enxergam e além de não enxergarem ainda criticam. Para que conheçamos um cego espiritual na Igreja, basta apenas lançar um desafio. Cego espiritual não pode servir o pão de DEUS, porque DEUS é DEUS de visão.

A fé vê o invisível. DEUS não quer pessoas que só enxergam um palmo à frente do nariz, ELE quer homens e mulheres que enxergam o que Ele quer. JESUS teve visão para suportar a cruz.

 

 
Fonte/Autoria:

 
Publicado em 03/08/2016 às 09h44min

LEMBREM-SE (Lamentações 3:21)





Dizem que nós brasileiros temos memória curta, no que diz respeito aos maus políticos, atletas, à nossa memória cultura (patriotismo), mas não estamos sozinhos nesta. O Cristão de um modo geral se esquece com facilidade das coisas que Deus fez e das coisas que Ele faz e das promessas que Ele fará.

Como esquecemos rapidamente os grandes livramentos operados por Deus em nossas vidas. A Bíblia nos diz: "Lembrem-se dos seus livramentos".  

Jesus de modo sobrenatural operou duas vezes um mesmo milagre, alimentando mais de 5.000 pessoas de uma vez e uma multidão de mais de 4.000 pessoas na outra. Contudo, poucos dias depois, os discípulos tinham removido esses acontecimentos da memória. Aconteceu quando Jesus os preveniu quanto ao fermento dos fariseus. Os discípulos acharam que Ele havia dito isso por terem se esquecido de trazer pão para a jornada. Mas Cristo lhes respondeu: "Não compreendeis ainda, nem vos lembrais dos cinco pães para cinco mil homens e de quantos cestos tomastes? (12 cestos) Nem dos sete pães para os quatro mil e de quantos cestos tomastes? (07 cestos)" (Mateus 16:9-10).

E porque devemos nos Lembrar? Devemos nos Lembrar dos Livramentos Passados Para Aumentar a Nossa Fé Diante das Lutas de Agora

É para o nosso próprio benefício que Deus nos manda recordar. A lembrança de nossos livramentos passados nos ajuda a aumentar a fé diante do que estamos enfrentando no momento.

Porque devemos nos lembrar?Devemos Lembrar de Nossos Livramentos Passados Como uma Arma Contra o Medo

O medo não consegue sufocar o coração de alguém cujos olhos estejam cheios da visão da grandeza e da majestade de Deus.

Você está com medo de sua situação? Será que o problema lhe atingiu, abalando sua confiança no Senhor? Se é assim, lembre-se o quão grande e temível o seu Deus é. Lembrem-se do que Ele fez aos seus inimigos no passado, e como Ele foi fiel ao libertá-los".

 
Fonte/Autoria:

 
Publicado em 26/07/2016 às 10h28min

A MARCA DE JESUS EM NÓS - AP 22





Estamos vivendo dias difíceis. Muita tribulação, dores, enfermidades, pragas, injustiça, violência.  Lc 21 :9...“levantar-se-á nação contra nação e reino contra reino; haverá grandes terra terremotos, epidemias e fome em vários lugares; coisas espantosas e grandes sinais no céu. Antes, porém, de todas estas coisas, lançarão mão de vós e vos perseguirão, entregando-vos às sinagogas e aos cárceres, levando-vos à presença de reis e governadores, por causa do meu nome. E sereis entregues até por vossos pais, irmãos, parentes e amigos; e matarão alguns dentre vós. Contudo, não se perderá um só fio de cabelo da vossa cabeça. É na vossa perseverança que ganhareis a vossa alma.”

Existe uma esperança, porque existe uma herança. É para esta herança que temos que fixar nossos olhos.

O que Jesus mostrou para João no céu? O rio da água da vida que sai do trono de Deus. Não chegamos no céu ainda, mas o céu chegou até nós, e este rio na pessoa do ESPÍRITO SANTO DE DEUS proporciona para todos quantos viverem por onde passa este rio terão comida em abundancia e serão curados pelas folhas das árvores que estão em volta deste rio

 V3 Nunca mais haverá qualquer maldição. A Bíblia fala de duas marcas.

A MARCA DA BESTA (na fronte e na mão direita = sem ela não vamos conseguir comprar e nem vender)

A MARCA DOS SERVOS DE DEUS - O nome de Jesus escrito na fronte.  

Estas marcas tem haver com a imagem de Deus restaurada em nós, ou seja, o caráter do próprio Deus em nós. Jesus refletia a imagem de Deus, o caráter de Deus. Ele mesmo disse: quem vê a mim, vê o Pai.

QUAIS AS MARCAS DE JESUS?

HUMILDADE - A humildade nasce na HUMILHAÇÃO

Então se você quer receber a marca da Humildade, quebrante-se diante da  humilhação. Deus permite que sejamos humilhados em muitas circunstancias para que a marca de humildade de Jesus seja forjada em nós.

        MISERICORDIA – precisamos e queremos muito as misericórdias de Deus, mas a marca da misericórdia tem que estar estampada em nossa fronte.

Misericórdia para com o cônjuge;  misericórdia para com o filho perdido;  misericórdia para com a pessoa fraca emocionalmente e espiritualmente;

        AMOR - se amamos aqueles que nos faz bem, que vantagem a há nisto , até os ímpios fazem o mesmo.

       Precisamos ter as marcas de Jesus em nossa vida. Só assim seremos reconhecidos no mundo espiritual.

 
Fonte/Autoria:

 
Publicado em 20/07/2016 às 09h40min

A Pressão





Mateus 24:13 “Aquele, porém, que perseverar até o fim, esse será salvo.”

 

Vivemos em uma sociedade totalmente pressionada. Pressão do Governo (impostos, multas, corrupção), da Família (casamentos, filhos, escolas), da Igreja (relacionamentos).

Muitos vivem o saudosismo dos tempos que se passaram, lembrando-se de quando crianças podiam brincar nas ruas das cidades sem nenhum medo ou temor. A vida parecia mais simples e descomplicada mesmo longe de tanta tecnologia que nos cercam nos dias de hoje. O consumismo era bem menor, talvez porque não existiam tantas coisas para comprar ou mesmo pela falta do dinheiro.

Pois bem, mediante a tudo isto a cada dia que se passa a pressão sobre nós vai aumentar e se não temos saída, precisamos de um meio para enfrentar esta jornada tão árdua e desesperadora. Precisamos voltar para Deus e para sua Palavra. Precisamos ficar atentos e tomarmos algumas atitudes, pois do contrário iremos sucumbir. “Morreremos na praia”.

O segredo de uma máquina a vapor trabalhar mais e com maior potência é mais pressão de vapor. Coloque mais pressão e mais força vamos obter.

Deus pretende com as pressões em nossas vidas gerar oportunidades para que confiemos mais intensamente Nele.

Qual foi o segredo do apóstolo Paulo? Ele tirava proveito e toda e qualquer espécie de pressão, quer seja humana ou satânica. Quando estava pressionado ele recebia maior provisão do poder de Deus. “Pelo que sinto prazer nas fraquezas, nas injúrias, nas necessidades, nas perseguições, nas angústias, por amor de Cristo. Porque, quando sou fraco, então, é que sou forte”. II Co 12:10

A fonte de nossa força não está na pressão em si, mas no uso que fazemos dela através do poder de Deus e não do nosso “poder”. Quando sofremos estas pressões e confiamos em Deus, Ele nos leva a um lugar espaçoso acima de todas as coisas.

Com Jesus foi da mesma forma. Aparentemente a crucificação não foi vista como uma vitória, mas bilhões de almas foram resgatadas do inferno.

É assim que ocorre conosco. Sobremaneira pressionados, muitas vezes desesperados, abatidos e cansados. O triunfo parece ser do inimigo de nossas almas.

Mas é o reino invisível que conhecemos nossas vitórias.

A pressão parece ser a sentença de morte dos recursos humanos (física, emocional). Mas esta pressão vem para que possamos resistir: “Contudo, já em nós mesmos, tivemos a sentença de morte, para que não confiemos em nós, e sim no Deus que ressuscita os mortos; o qual nos livrou e livrará de tão grande morte; em quem temos esperado que ainda continuará a livrar-nos,” II Co 1:9-10 A pressão vai aumentar e é muito difícil de suportar os ataques. A igreja está entrando na última hora. Precisamos requerer o poder de Deus para nós.

 
Fonte/Autoria:

 
Publicado em 11/07/2016 às 11h21min

As tempestades - Marcos 4:35-41





Existem alguns princípios que precisamos meditar. Princípios que irão nos ajudar em momentos difíceis. O primeiro princípio que precisamos notar é que algumas pessoas estavam com Jesus dentro do barco e outras estavam apenas o seguindo.

 Os que seguem Jesus são aqueles que na maioria, queriam somente receber algo, mas que não queriam compromisso e nem responsabilidade. É necessário entrar no barco em que Jesus está, é necessário nos entregar totalmente.

Jeremias 29:13 – “Buscar me eis e me achareis quando me buscares de todo o vosso coração”. Estar no barco com Jesus é obedecer ao seu chamado. Foram pessoas que apesar de todos os erros e defeitos tiveram um compromisso com Deus e sua obra.

Onde você está? Dentro ou fora do barco, apenas olhando as coisas acontecerem.

Levantou se uma grande tempestade: Tempestades fazem parte de nossa vida

Existem dois tipos de tempestades em nossas vidas: A primeira somos nós mesmos que criamos com as nossas atitudes, pretensões e egoísmo. Entramos em lugares ou fazemos coisas que Deus não pediu.

E existem as tempestades naturais, que vem de Deus: Apesar de os discípulos estarem em meio a tempestade eles estavam ali porque haviam obedecido a Jesus, estava no lugar onde Deus queria que eles estivessem. Estas tempestades vem para o crescimento da nossa fé, para o nosso amadurecimento, para dependermos mais Dele e experimentarmos o seu poder.

Para concluir precisamos aprender que nunca podemos andar sozinhos. Estes discípulos não estavam sós. Sempre iremos precisar de alguém ao nosso lado. Aqueles que andam sozinhos tem muito mais dificuldade para vencer do que aqueles que tem alguém ao seu lado.

Clame por Jesus como fizeram os discípulos. O clamor demonstra a nossa fé e dependência Dele. Entre no barco de Jesus sem reservas. Se você ainda tem dúvidas olhe para cruz. Ele ressuscitou. Todos as tempestades irão passar, creia nisto.

 
Fonte/Autoria:

 
Publicado em 05/07/2016 às 10h12min

UM ENCONTRO SIGNIFICATIVO - João. 21:1-6





O relacionamento do SENHOR com os seus discípulos foi bem diferente após a sua ressurreição. ELE não estava sempre visível como outrora, mas mesmo assim, sempre perto. Quando lemos o V.3 podemos notar que por sugestão do apóstolo Pedro eles foram pescar. Nesta pescaria nós podemos ver a Igreja. Composta de pessoas diferentes, com características diferentes, no entanto com o mesmo objetivo. Naquele barco havia sete homens diferentes com o mesmo objetivo.

A pescaria a qual nos encontramos requer de nós várias coisas.

Temos que ter uma FÉ e confiança incondicional naquele em que acreditamos. Veja que JESUS aparece a seus discípulos e lhes pede algo de comer. Aqueles homens eram pescadores profissionais, já estavam quase a noite inteira sem nada pegarem, não tinham nada a oferecer a JESUS.

Muitas vezes nós também não temos nada a oferecer a CRISTO, mas é ELE que nos dá as condições de oferecermos algo a ELE. ELE fala para seus discípulos jogarem a rede do lado direito, e esta encheu tanto que quase não puderam trazê-la.

Assim são as bênçãos que o SENHOR tem nos prometido, muitas vezes estão do nosso lado, mas temos que ter uma fé e uma confiança inabalável para lançarmos as redes onde Ele determinou

Temos que ter firmeza em nossas atitudes. O nosso alicerce deve estar em JESUS. Aqueles homens simplesmente obedeceram a ordem de JESUS e jogaram as suas redes.Precisamos estar firmes para aguentar as ondas do mar em nossas vidas. Sete pescadores profissionais estavam naquele barco, vinha uma onda após a outra, mas eles continuavam firmes sabendo que daquele mar viria alimento.

Do mar que é CRISTO nós só podemos esperar por abundância.

Somente o amor a CRISTO pode nos dar esperança de uma vida eterna cheia de glória. Jo 14:23-24 Respondeu-lhe Jesus: Se alguém me   amar,   guardará   a   minha  palavra; e meu Pai o amará, e viremos a ele, e faremos nele morada... Amar a CRISTO é Ter a capacidade de renunciar, de humilhar e de se arrepender. Mt. 11:29  Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, que sou  manso  e  humilde de coração; e achareis descanso para as vossas almas.

Este encontro de CRISTO com os sete discípulos será semelhante ao encontro de CRISTO conosco (a Igreja). ELE vai nos perguntar: “TENS ALGO A MI OFERECER?“

E nós responderemos: “SENHOR EIS AQUI A MINHA VIDA O MEU CORAÇÃO“ Entregue por completo a sua vida a CRISTO independente da circunstância que você está vivendo. João 14:27   Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou;  eu não vo-la dou  como  o  mundo a dá. Não se turbe o vosso coração, nem se atemorize. 

 
Fonte/Autoria:

 
Publicado em 29/06/2016 às 11h22min

A caminho de Emaús – Lc. 24:13-45





Os dois discípulos estavam conversando no caminho de Emáus a respeito dos acontecimentos. Jesus havia sido preso, condenado e crucificado. Estes homens estavam preocupados, tristes e sem nenhuma esperança, pois aquele em quem depositaram a confiança de dias melhores estava morto.

Mediante a esta cegueira espiritual aparece Jesus e os mesmos não o reconheceram.

A preocupação exagerada, a tristeza e a falta de esperança nos cegam.

        Precisamos pedir a Deus que abra os nossos olhos, para termos discernimento espiritual do que está acontecendo ao nosso redor.

Como poderemos viver uma vida cristã sem perceber ou reconhecer que Jesus está caminhando ao nosso lado?

Aqueles homens haviam caminhado com Jesus, participado de seus milagres, das curas, das libertações, mas não puderam ver o Mestre com os olhos carnais.

        Para usufruirmos da presença de Deus precisamos perceber a sua presença, precisamos reconhecê-lo espiritualmente.

        Só perceberemos a presença genuína de Deus, quando reconhecermos que Ele está caminhando conosco, em todos os momentos, mesmo naqueles dias que vivemos humilhações.

Não existe presença de Deus na soberba, e a palavra de Deus é muito clara quando diz que a soberba é o primeiro degrau para a queda.” Provérbios 16:18  A soberba precede a ruína, e a altivez do espírito, a queda.”

        Nossos olhos espirituais só se abrirão quando nos quebrantarmos na presença de Deus, quando verdadeiramente nos humilharmos, quando isto acontecer nossa alma será alimentada com um banquete celestial.

 “Filipenses 4:7  E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará o vosso coração e a vossa mente em Cristo Jesus.”

 
Fonte/Autoria:

 
Publicado em 21/06/2016 às 11h10min

Clamando a Deus - Salmos 130





Ao olhar à nossa volta, podemos ver crises políticas, crises religiosas e crises sociais, crises nas casas e igrejas. Estas crises são necessárias para nos tirar de nossa zona de conforto. Como devemos agir?

Êxodo os Israelitas estavam muito oprimidos, vivendo debaixo do peso da escravidão, seus filhos estavam sendo assassinados e não havia esperança. Suas esperanças tinham chegando ao fim e aí clamaram ao Senhor. A resposta de Deus foi dada em duas etapas: primeiro ele ouviu e depois ele os libertou. O que é marcante nessa historia é que todo o povo de Deus estava gemendo e aí começaram a clamar. Hoje em dia estamos vivendo o individualismo e somente conseguimos enxergar as nossas próprias dificuldades.

O rei Davi escreveu: Sal. 130:1 “Dentro do abismo” ... algo estava errado.. Davi estava imerso em dificuldades... assim como poderemos estar hoje. Mas o salmista não está escrevendo para instruir outros como sair de do fundo do poço... ele não disse “eles” ele disse “eu” Muitas vezes nós dizemos “eles”. Precisamos olhar no espelho e entender que a única pessoa a ser controlada somos nós mesmos... Na verdade você precisa dizer “eu”

Alguém disse: “Aquele que clama no abismo em breve cantará nas alturas”

Vs. 2 “Ouça minha voz…” O salmista sabe a quem buscar. Ele não pede a destruição de seus opressores. As promessas de Deus dependem do seu caráter e não caráter do mundo.

Vs. 3 e 4 “mostre minhas iniquidades…” Davi teve a sensibilidade de reconhecer seu próprio pecado , e sentiu a necessidade de não somente clamar e pedir por misericórdia, mas ele confessou o seu pecado.

Vs. 5 “Eu espero no Senhor…” “minha alma espera...” A Palavra “espere” aparece 3 vezes com grande ênfase. Esperar desesperadamente no Senhor assim como um guarda noturno espera pela manhã.

Concluindo meu desejo é que nos dias de hoje nós possamos aprender a lidar com a realidade e dificuldade de nossas vidas como Davi o fez. Precisamos encontrar paz em Cristo e permitir que essa paz inunde nossos corações e nossas mentes. E permitir que essa paz alcance o mundo, no nosso trabalho, escolas e nossas casas. Precisamos acalmar nosso coração e nossa alma assim como o salmista nos mostra.

 
Fonte/Autoria:

 
Publicado em 15/06/2016 às 11h53min

O abundante poder de DEUS sobre nós - Ezequiel 47:3-7





Ezequiel era um judeu que se encontrava cativo na Babilônia (Iraque) mais de 500 anos antes do nascimento de Cristo. Frequentemente o Senhor falava com ele através de visões.

Um anjo aparece medindo o templo novo que seria construído na montanha em Jerusalém, onde os judeus um dia iriam adorar a DEUS.  Depois de medir o templo e instruir Ezequiel a respeito de várias coisas que ali haveria, e este trouxe Ezequiel de volta a porta do templo que olhava para o oriente “e eis que saíam águas de debaixo do limiar do templo, para o oriente.” Ez 47:1

O mínimo da Bênção de DEUS é o tornozelo - O contato com o Espírito Santo de DEUS é maravilhoso, mas não devemos nos esquecer que “nos tornozelos” é o mínimo de DEUS. “Nunca siga um veículo estacionado porque assim você nunca vai chegar a lugar nenhum.”

Quando paramos nossa vida atrás de uma líder, pastor ou Igreja que está estacionado, parado, a nossa vida também vai parar.

O que quero dizer é: não se satisfaça com o mínimo de DEUS. Não fique estacionado no banco da Igreja. Muitos dizem:“ta bom, ta tudo bem, vou levando, é assim mesmo, um dia eu perco ou dia eu perco de novo, mas a minha salvação está garantida...” está mesmo, mas não podemos ficar estacionados.

Muitas pessoas tem um grande potencial em DEUS mas, nunca saem de piscininha de criança. Quantas pessoas bonitas, saudáveis que vão ao clube e ficam na piscina das crianças porque tem medo de se aventuram em águas mais profundas.

Lógico que se você não sabe nadar, não pode se aventurar em águas mais profundas, mas o que você tem a fazer é se preparar para isto, ter coragem de pedir alguém para te ensinar a nadar, arrumar um professor, é não ficar parado vendo os outros em águas melhores e você apenas molhando os tornozelos. Pessoas que se Esforçam, labutam, mas simplesmente não avançam porque estão agarradas no fundo, estão com medo de receber de DEUS. Há muitos crentes e obreiros frustrados – são consagrados, quase morrem de trabalhar, no entanto tão pouco acontece.

Por que? Porque estão remando apenas junto à margem.

Precisamos sair das águas dos tornozelos e alcançar mais de DEUS.

Alguns cristãos estão sempre no “deserto”. Eles suspiram profundamente e dizem: “Estou passando por mais um experiência no deserto.”

Nós não fomos chamados para sermos habitantes do deserto, não fomos feitos para estarmos nas margens do rio, admirando as águas correntes. Fomos feitos para nadar nas águas do ESPÍRITO SANTO. O mais importante é sabermos que se estivermos no ESPÍRITO, mesmo nos piores lugares, nas mais difíceis dificuldades, nas maiores tempestades, nós estaremos envolvidos por DEUS e respirando o ar do céu. Sl. 91:1 “O que habita no esconderijo do Altíssimo e descansa à sombra o Onipotente” O SENHOR é o nosso esconderijo em todas as circunstâncias.

 
Fonte/Autoria:

 
Publicado em 07/06/2016 às 09h51min

Devolve-me a alegria da tua salvação – Salmos 51:10-13





Davi neste salmo recorre às misericórdias de Deus. Ele havia pecado e foi confrontado pelo profeta Natã. Este pecado fez com Davi entrasse em contato com  sua real situação espiritual o que trouxe um tristeza profunda em seu coração.

        Muitas vezes fugimos de encarar nosso pecado, com medo da tristeza que isso pode ocasionar. Muitos escolhem fugir e fingir da sua real situação espiritual e emocional. Nosso pecado está sempre diante de nós. V.3

        Deus se alegra com a verdade. A mentira tem se expandido porque a verdade muitas vezes trás tristezas e não queremos isto para nossa vida.

Como alcançar então a alegria tão desejada? Qual a fonte da verdadeira alegria?

        Veja como Davi fez: Após enfrentar e confessar o seu pecado e faz uma oração: “Cria em mim, ó Deus um coração puro – Senhor não permita que eu peque novamente; renova dentro de mim um espírito inabalável.”

        A tristeza abate o nosso espírito, como consequência vem o desânimo, a desesperança, a falta de fé, torna-se em desespero e ficamos sem visão, perdidos e confusos.

Quando esta tristeza nos abate, fugimos das pessoas e até mesmo de Deus.

        Outra oração de Davi foi: “Restitui-me a alegria da tua salvação, e sustenta-me com um espírito voluntário.”V. 12

Estamos tristes porque esquecemos da salvação. Esquecemos que estamos caminhando em direção à terra prometida, o céu.

        Quando a tristeza nos arrasta, andamos pelo deserto, e o deserto não é lugar de alegria. Mas nunca se esqueça, nesta caminhada a nuvem do Senhor está sobre a sua vida de dia (sol escaldante) e no frio da noite.

        Nunca saia de debaixo da nuvem – se sairmos não conseguiremos suportar as angústias, tribulações e tristezas. A nuvem de Deus está sobre a Igreja.

        Nunca saia de debaixo da coluna de fogo – o frio espiritual é insuportável. Só a coluna de fogo do Espírito Santo pode nos aquecer. Não existe nada e nem ninguém capaz de aquecer a nossa alma, a não ser o Espírito Santo.

        Nunca ande só – é impossível sobreviver neste deserto sozinho. Busque sempre estar junto.

        A nossa alegria precisa ser restituída – restitui-me a alegria da tua Salvação.

 

 
Fonte/Autoria:

 
Publicado em 02/06/2016 às 11h21min

As misericórdias renovadas- Lamentações 3:22-23





Nestes dias temos visto e ouvido muitas coisas não agradáveis acontecendo em nosso meio. Quando Jesus disse: “...No mundo, passais por aflições; mas tende bom ânimo; eu venci o mundo.” João 16:13 Parece que estas palavras não servem para nós cristãos, mas é o inverso, estas palavras são exatamente para aqueles que o seguem, ou seja, não há surpresa para aquilo que já foi dito. Você já se encontrou no fundo do poço? Nada deu certo no trabalho, na sua família, na igreja? Se você pudesse resumir em uma palavra, poderia ser desespero? Alguns dizem que cada situação ruim, tem seu lado bom.  Mas às vezes é muito difícil achar aquele lado!  Imagine o profeta Jeremias atolado na lama, depois de ser jogado numa cisterna, por ter anunciado fielmente aquilo que Deus disse para que ele dissesse.

Para o filho de Deus que sofre, existem boas e más notícias.  As "más" são que situações de desespero certamente virão em nossas vidas.  As boas?  Felizmente, o filho de Deus não precisa cavar mais fundo para sair do poço.  Há possibilidade de renovar a nossa esperança. Quando nos encontramos no fundo do poço, há três opções:

1) Ficar na lama (focar apenas o problema, não há solução. Acabou!) 

2) Cavar mais fundo (pode aumentar ainda mais o problema, pois você não sabe o que vai encontrar. Pode ser mais problemas).

3) Olhar para cima.  Jeremias olhou para cima, e se agarrou na graça de Deus. “Elevo os olhos para os montes: de onde me virá o socorro? O meu socorro vem do SENHOR, que fez o céu e a terra”. Salmo 121:1-2

Não importa o que você fez no passado, ou no dia de hoje, Deus te ama mesmo assim! Só Ele conhece teu coração e sabe o que você guarda ai dentro. Ele nos dá oportunidade para recomeçar, pois a cada manhã tudo se renova. Deus trabalha visando a transformação do nosso caráter, do nosso coração e não desejando a nossa destruição. Hoje, talvez você não teve um dia muito realizador. Mas amanhã será um novo dia. Salmos 37:5 Entrega o teu caminho ao SENHOR, confia nele, e o mais ele fará.

Todas as vezes que as dificuldades se prolongarem ou que o livramento parecer demorado devemos esperar pacientemente pelo Senhor e nas Suas misericórdias: Esperei confiantemente pelo SENHOR; ele se inclinou para mim e me ouviu quando clamei por socorro. Sl 40:1 Enquanto aguardamos pelo Senhor, nós precisamos buscá-lo em oração. Esta busca, em oração, irá nos ajudar em nossa espera. Enquanto esperamos em tais situações não devemos murmurar nem nos sentir transtornados e sim nos submeter em silêncio aos desígnios divinos. Jesus disse: "seja feita a Tua vontade", podemos ter esperança de que tudo irá terminar exatamente como Deus deseja e este final é sempre o melhor para nós.

 
Fonte/Autoria:

 
Publicado em 17/05/2016 às 11h00min

Recolhendo palhas. Êxodo 5:7 5:18





Vamos entender esta história. José sai de sua casa, é vendido como escravo e se torna o segundo homem mais poderoso do mundo. A fome toma conta do mundo conhecido e José chama sua família que era grande para morar no Egito. O tempo passou (430 anos) os egípcios esqueceram quem era José e o povo vive agora na escravidão. Aí entra Moisés para libertar o povo. Já havia nesta época em torno de 2,5 milhões de israelitas. Algo novo ocorre. Finalmente ouvem-se boas novas que trazem esperança ao coração da nação. O povo começa a acreditar que o fim do exílio e da escravidão no Egito está próximo de acabar: Moisés chegou. Os céus tem mandado um advogado em favor do seu povo.  Moisés iria persuadir, convencer e até mesmo ameaçar Faraó, até que todos os Israelitas estivessem em total liberdade. Uma grande expectativa toma conta do povo. Os anciãos se reúnem com Moisés, o povo acredita e dá ouvidos à mensagem de Moisés e Arão. Moisés fala para faraó: “Respondeu Faraó: Quem é o SENHOR para que lhe ouça eu a voz e deixe ir a Israel? Não conheço o SENHOR, nem tampouco deixarei ir a Israel.” Exôdo 5:2

De repente, todos os sonhos são esmagados! O seu lindo sonho de liberdade se transforma em um horrível pesadelo. “Daqui em diante não torneis a dar palha ao povo, para fazer tijolos, como fizestes antes: vão eles mesmos, e colham palha para si. E lhes imporeis a conta dos tijolos que fizeram antes; nada diminuireis dela, porque eles estão ociosos; por isso clamam, dizendo: Vamos, sacrifiquemos ao nosso Deus.” Êxo 5:7-8

O que significa recolher palhas em nossos dias - Tenho pensado muito a respeito do que seria recolher palhas. Por nossa própria culpa, ou pela culpa do nosso inimigo. O diabo usa sempre a mesma estratégia travestida de uma forma diferente. Vemos o nosso contexto hoje: “Não temos tempo para mais nada”. Este fardo que carregamos chama-se palha que o diabo vem trazendo a toda a humanidade.

Estamos entregues no dia a dia a recolhermos palha. Não dá tempo para pensar ou fazer mais nada. Não conseguimos sequer fazer um devocional a Deus. Quando falamos de uma reunião na Igreja para tratarmos de assuntos que vão nos ajudar, tais como: Família, homens, mulheres, etc. logo vem o peso da palha. Como vou fazer, este é o único tempo que disponho? Gostaria que você pensasse hoje: Como tem sido a sua vida? Você está pensando ou apenas deixando a vida te levar? A ansiedade tem tomado conta. Como será o amanhã?

Deus sempre tem uma saída para o seu povo! É assim, muitas vezes nós passamos pela dor de ver nossas esperanças esmagadas, e nossas aspirações desapontadas. Há situações que esperávamos que finalmente obteríamos a nossa “vitória” , e reviravoltas acontecem, nossos sonhos ficam distantes, e acabamos “recolhendo palha”. Deus quer nos ensinar que a nossa redenção não vem de outro lugar, a não ser Dele. Deus usa os fracos para confundir os fortes. Deus usa as coisas loucas desse mundo pra confundir as sábias.

 
Fonte/Autoria:

 
Publicado em 11/05/2016 às 10h50min

HAGAR - Gênesis 16





Este texto narra uma história em um ambiente familiar envolvendo vários personagens (esposa, marido, filhos). Quando os conflitos, as lutas, as tribulações vem, dentro dos nossos relacionamentos familiares, muitas vezes ficamos tão pressionados que preferimos FUGIR – sair da presença daqueles que nos desprezam, nos maltratam, nos afrontam. Na maioria das vezes fugimos física e emocionalmente. É neste momento que cessa a conversa, o diálogo, entrando em cena a indiferença e o ódio.

Podemos fugir das pessoas, mas não podemos fugir de Deus. Sl 139:7 “Para onde me irei do teu Espírito? Para onde fugirei da tua face? ... se subo ao céu, tu ai estás, se fizer nas profundezas a minha cama,tu ai também estás”  

         Hagar fugiu da presença dos seus ofensores, que eram sua própria família, mas nesta fuga ela encontra com o anjo de Deus. V6 “O ANJO DO SENHOR ENCONTROU-A junto a uma fonte de água no deserto.”  V9 “Então , lhe disse o Anjo do Senhor: VOLTA PARA A TUA SENHORA E HUMILHA-TE SOB SUAS MÃOS.”

A última coisa que Hagar queria ouvir era: VOLTA, a sua essência era de fuga- seu próprio nome significa FUGA , e ainda ter que se humilhar?

Quando o Senhor nos encontra, algumas coisas acontecem: Temos DIREÇÃO – Ele nos dá direção quando estamos perdidos e não sabemos o que fazer. Deus direcionou Hagar: v9 “ Volta para sua senhora e humilha-te sob suas mãos.”

Uma outra situação acontece quando nos encontramos com Deus é que os nossos olhos são abertos, Ele tira o embotamento espiritual.  V13 “Então ela invocou o nome do Senhor que falava : Tu és o Deus que vê (Deus viu e ouviu sua aflição). Muitas vezes nosso coração fica cego pela : raiva, ódio, revolta, injustiça.

Então ela volta e se humilha. V 15 “Assim,.... Hagar deu um filho a Abrão... e pôs o nome de ISMAEL no seu filho.”

Nossa fé necessita ser suficiente para crermos que a providência para todos os nossos problemas e para todas as nossas dificuldades , sejam grandes ou pequenas, podem ser de uma forma sobrenatural sanadas por Deus.

O poço que nos salva já foi criado por Deus. Precisamos apenas alicerçar nossa fé Nele.

E através de nossa oração podemos pedir: Senhor abra os olhos do meu coração. Senhor abra os meus olhos espirituais. Senhor eu preciso desta cura.

 
Fonte/Autoria:

 
Publicado em 03/05/2016 às 09h55min

Escolhidos por DEUS





“Porque muitos são chamados, mas poucos escolhidos”. Mt 22:14

 

Existem pessoas que são escolhidas, e que outros infelizmente não são. Será que Deus faz acepção de pessoas? A bíblia diz: “Deuteronômio 10:17  Pois o SENHOR, vosso Deus, é o Deus dos deuses e o Senhor dos senhores, o Deus grande, poderoso e temível, que não faz acepção de pessoas, nem aceita suborno;” “Rom. 2:11  Porque para com Deus não há acepção de pessoas.”

Escolhido é aquela pessoa que entendeu o chamado de Deus e permitiu que este chamado fosse realizado. Por isso que poucos são escolhidos, não por serem melhores do que os outros, mas porque entenderam o porque de serem chamados.

Fomos escolhidos com um propósito definido

João 15:16: “Não me escolhestes vós a mim, mas eu vos escolhi a vós, e vos nomeei, para que vades e deis fruto, e o vosso fruto permaneça; a fim de que tudo quanto em meu nome pedirdes ao Pai ele vo-lo conceda”. Antes de optarmos e decidirmos por Deus, Ele já nos escolheu e com algo definido e específico para cada um de nós. Dentro do princípio de frutificar no Reino, em primeiro lugar devemos buscar frutificação na nossa vida pessoal. Precisamos orar por mudanças que Deus quer fazer e que Ele fará em nosso caráter. Personalidade pode ser moldada. Caráter quem muda é Deus. Ele sempre tem algo novo para fazer em nós, e, para isso, faz-se necessário mexer em nossas vidas.

Frutificar não é um cobrança, mas, é uma obra de restauração diária. Relacionamentos. Quem não se relaciona não conseguem frutificar. Um outro caminho para frutificação começa com um sonho. Todas as pessoas que frutificam sonham.

E o vosso fruto permaneça - O brasileiro tem a fama de começar algo, mas não terminar. É tão triste quando vemos que alguém caiu, desistiu, abandonou, parou. Não pare. Não olhe para trás. Continue nesse caminho e nessa obra.

Para que o fruto permaneça é preciso tempo, cuidado, proteção. Uma semente lançada na terra precisa ser cuidada, adubada, regada. Precisa-se pagar um preço para que a árvore frutifique. Nós não ingressamos nesta jornada à toa e nem por acaso, é porque Deus tem uma obra para realizar. 

Se você está fazendo aquilo que Deus tem para a sua vida, o diabo com certeza não ficará feliz e tentará contra a sua vida, e poderá usar situações e pessoas para tais fins. Mas mesmo que isso aconteça não terá êxito. Mt 12:33 diz: “Ou fazei a árvore boa, e o seu fruto bom, ou fazei a árvore má, e o seu fruto mau; porque pelo fruto se conhece a árvore”. Se você é árvore boa, não tem como dar frutos maus.

Então se tentarem algo contra você, seus frutos de justiça provarão que você é de Deus. Rm 8:1 diz: “Portanto, agora nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus, que não andam segundo a carne, mas segundo o Espírito”.

 
Fonte/Autoria:

 
Publicado em 12/04/2016 às 09h40min

O DESAPONTAMENTO (DECEPÇÃO) - Jo 20:11-18





Decepção é quando esperamos algo bom e somos surpreendidos com algo ruim ou algo que nos trás sofrimento.

        Assim estava o coração de Maria Madalena. A vida desta mulher havia sido difícil. Ela era atormentada por demônios (Lc 8:2) e Jesus a libertara. A partir de então passou a segui-lo. Ela não se contentou com a benção de ser liberta, ele queria também estar com o seu Libertador. Ela e os discípulos haviam abandonado tudo para seguir Jesus. Deixaram família, empregos, suas cidades. Tudo deixaram por que tinham certeza que Jesus iria fazer algo na vida deles aqui na terra. Salvá-los dos seus sofrimentos.

      O que tem nos causado decepções: - Os maridos (esposas)? Os filhos?  Os pais?  Amigos? Sim todos os citados podem nos causar decepções pois são seres humanos e falhos. Nem sempre farão o que desejamos.

     E quando estamos desapontados com Deus por não nos atender em nossas petições?

Podemos entender que o coração de Maria tinha muitos motivos para estar desapontado.

Ela esperava a salvação, a segurança junto com Jesus, e estava ali no sepulcro.

     Quando estamos obcecados em nossos próprios projetos, não apenas ficamos tristes pelo fato de não se cumprirem. Tornamo-nos CEGOS para qualquer outra coisa que esteja acontecendo. Não foi o que aconteceu com Maria?

     Os nossos desejos aos quais nos apegamos podem acabar nos cegando para a presença de Deus em nossa vida.

     Apesar aos desapontamentos, Deus nos convida a contemplar o que Ele tem feito.

Em meio ao desapontamento Maria se surpreende com Jesus vivo.

O Senhor tem planos traçados para você e pra mim.     

E são pensamentos de paz. E Ele fará tudo para fazer sua vontade em nós – embora alguma coisas no momento pareçam só desilusão e desapontamento.

     Ainda que estejamos sofrendo, Deus nos chama a levantar os nossos olhos para vermos suas promessas sendo cumpridas e sua vontade sendo cumprida na nossa vida e na vida dos nossos filhos.

 
Fonte/Autoria:

 
Publicado em 05/04/2016 às 09h42min

O amadurecimento do crente -I Co 3.1-8





O amadurecimento cristão não acontece da noite para o dia. O amadurecimento se uma torna realidade na vida do crente, à medida que ele vai ficando mais alicerçado em Cristo. As grandes árvores que suportam os temporais são as que têm raízes profundas. As árvores que têm as raízes próximas à superfície diante das tempestades acabam caindo.

Muitos crentes são como as árvores que não têm raízes profundas, são como crianças espirituais, inconstantes… acreditam em qualquer conversa e andam baseados no que os outros falam. São crentes sem firmeza. Paulo diz a igreja: “Irmãos, não lhes pude falar como a espirituais, mas como a carnais, como a crianças em Cristo.” I Co 3:1.

O crente maduro anseia por um alimento que o mantêm - O leite não é alimento para quem já é adulto. Um adulto precisa de carne, ferro, cálcio, proteínas. A refeição de uma criança precisa ir ao liquidificador durante os primeiros meses. Mas quando uma pessoa normal de 21 anos pede para a mamãe alimentá-lo com batata amassada, de colher, isso é assustador e não é normal. O que solidifica a nossa fé na hora da tempestade, da tribulação é a nossa convicção em Jesus Cristo. Satanás faz tudo para que a nossa fé seja firmada em pessoas e quando o homem coloca sua esperança no homem ele se frustra.

O crente maduro não é afetado por ofensas pessoais -

É raro um crente maduro se sentir ofendido. Eles entendem que quando alguém peca contra eles, há coisas maiores em jogo do que seus próprios direitos pessoais. Paulo, quando já não podia atrair uma multidão porque estava preso, pregadores rivais começaram a atacá-lo. Ele não se tornou insolente. Muito pelo contrário, ele parecia animado com a notícia de que o evangelho estava sendo pregado. Isso é maturidade! Filipenses 1:15-18

O crente maduro todo crédito de sua vida é de Deus - Nosso mundo vive na idolatria. Um crente maduro luta para não idolatrar pessoas. 1 Coríntios 3.4: Os donos de cavalos de corrida têm respeito por bons jóqueis, treinadores, e eterinários, mas todos entendem que o fator principal para uma vitória é o cavalo. Respeitamos bons pregadores, escritores e mentores espirituais, mas nós reconhecemos o real músculo por trás de qualquer vitória de nosso ministério é Jesus Cristo.

 
Fonte/Autoria:

 
Publicado em 16/03/2016 às 10h39min

A verdade é para ser experimentada





Quando acabou de falar, disse a Simão: Faze-te ao largo, e lançai as vossas redes para pescar.  Lucas 5: 4

 

Cristo ensina algo sobre si mesmo e nos mostra com Seu exemplo e com sua experiência. Ele colocou Seus ensinamentos em linguagem em que qualquer pescador poderia entende-lo. Ele disse a Pedro lançar as redes em águas profundas. Pedro hesitou: "Mestre, havendo trabalhado toda a noite e não pegamos nada." Ele estava cansado. Provavelmente não estava esperando um dramático encontro com Deus em um momento como aquele. No entanto, como Pedro obedeceu a Jesus, ele puxou uma rede cheia de peixes e barco quase afundou!

A obediência de Pedro levou a uma nova visão da pessoa de Jesus. Este foi um convite a caminhar com Jesus de uma forma ainda mais íntimo e poderosa.

Deus não quer que você simplesmente adquira conhecimento intelectual da verdade. Ele quer que você experimente Sua verdade. Há coisas sobre Jesus que você vai aprender apenas quando obedecê-Lo. Sua obediência, então, vai levar a uma maior revelação e oportunidades de serviço no Reino.

 
Fonte/Autoria:

 
Publicado em 02/03/2016 às 10h44min

Procurando a Igreja certa – Jer. 33





Há uma queixa dos cristãos em todo o mundo, sobre a Igreja, alguns dizem: Não acho uma igreja boa em lugar nenhum! Preciso de uma igreja que dê assistência à minha família. Queremos escutar uma palavra real dos céus. Quero um lugar onde meus filhos possam crescer.

Outros cristãos dizem: as igrejas estão cheias de extravagância, de bobagens, de agitação. As pregações são superficiais, e sempre me sinto vazio quando vou para casa. É claro que há exceções à estas histórias: Temos ouvido também: "Dou graças a Deus por nossa Igreja.” “Deus está abençoando a nossa igreja!”

Jeremias Achou Esta Igreja - "...Estando Ele Ainda Encarcerado..." Jer. 33:1

Enquanto o profeta Jeremias estava na prisão, Jerusalém estava em ruínas.

A cidade que representava o centro de adoração para a igreja do Velho Testamento, agora, estava cheia de doenças e de morte, de falsos profetas e mortos espirituais. Tudo que era santo tinha acabado. Ao ver esta cena horrível, o coração de Jeremias apertou. Ele poderia ter continuado em desespero. Poderia ter pensado: Não vai adiantar - Deus removeu a Sua presença de nós. Não sobrou uma verdadeira casa de adoração!Mas de repente Deus falou ao profeta, dizendo: "Invoca-me, e te responderei; anunciar-te-ei coisas grandes e ocultas, que não sabes.”         Jer 33:3 Se atualmente os cristãos querem achar a igreja certa, é aqui que se começa: com oração!

Deus jamais Se esconde daqueles que se trancam em oração com Ele. E diz a Jeremias: "Eis que lhe trarei a ela saúde e cura e os sararei; e lhes revelarei abundância de paz e segurança." (Jeremias 33:6). A minha igreja será outra vez um lugar de alegria e verdadeiro louvor, onde toda escravidão é quebrada!

Quais as Marcas da Igreja Ideal -  nascer  de novo “A isto, respondeu Jesus: Em verdade, em verdade te digo que, se alguém não nascer de novo, não pode ver o reino de Deus.” João 3:3 Escolhido por Deus, mediante Jesus. “Dessarte, não pode haver judeu nem grego; nem escravo nem liberto; nem homem nem mulher; porque todos vós sois um em Cristo Jesus.” Gálatas 3:28 Busca das coisas de DeusPensai nas coisas lá do alto, não nas que são aqui da terra;”  Colossenses 3:2 Esperam a volta de JesusVarões galileus, por que estais olhando para as alturas? Esse Jesus que dentre vós foi assunto ao céu virá do modo como o vistes subir.” Atos 1:11 É um povo selado pelo Deus verdadeiroem quem também vós, depois que ouvistes a palavra da verdade, o evangelho da vossa salvação, tendo nele também crido, fostes selados com o Santo Espírito da promessa;” Ef 1:13 E a igreja verdadeira deve se originar em seu lar! Não importa se não há um marido ou um pai em seu lar para agir como sacerdote. Você pode ser uma mãe solteira, ou um homem ou mulher solteira. Contudo, não importa quem você é, Deus afirma que você é um sacerdote real - e que é chamado para ministrá-lO! A igreja não é um museu para santos, mas um hospital para doentes. Espera-se que as pessoas que compõem a igreja sejam transformadas em seu viver, mas elas ainda não atingiram a perfeição.

 
Fonte/Autoria:

 
Publicado em 26/02/2016 às 09h19min

OS ATRIBUTOS DE DEUS - Salmos 139





Nós cristãos, temos necessidade de buscar e conhecer a Deus todos os dias. Oséias 6:3 “Então conheçamos, e prossigamos em conhecer ao Senhor;...”    Na realidade temos que travar uma luta contra nossa carne, contra nossa humanidade para buscarmos a Deus no nosso dia a dia. Nós só alcançamos o conhecimento verdadeiro de Deus quando saímos do nível físico, material, e entramos no nível espiritual, pois Deus é Espírito, e a Bíblia diz que “importa que os seus adoradores o adorem em Espírito e em verdade”.

Nós só conseguimos conhecer de Deus aquilo que Ele mesmo nos revela.

Dt. 29:29 “ As coisas encobertas pertencem ao Senhor, nosso Deus, porém as REVELADAS nos pertencem, a nós e a nossos filhos, para sempre...

Preste atenção: As reveladas nos pertencem, mas as encobertas pertencem a Deus. Por isso muitas coisas que buscamos respostas nunca saberemos, porém devemos buscar a revelação de Deus para nós, isto faz parte do conhecimento.

Jr 29:13 “Buscar-me-eis e me achareis quando me buscardes de todo vosso coração.”  Mas onde está o nosso coração? Na maioria das vezes o nosso coração está no trabalho, família, casa, comida, roupas, dinheiro, viagem. É muito difícil não pensar nas coisas aqui da terra.

 Existem atributos que só pertencem a Deus. Primeiro - Ele é Oniciente, Onipresente e Onipotente. Conhece, todas as coisas, todas as pessoas, todos os mistérios e Ele está em todos os lugares ao mesmo tempo. O salmista admite que Deus o conhece desde o seu nascimento e em todo o tempo Ele o está olhando, cada passo nosso, cada palavra e cada ação.

Segundo - Ele conhece o nosso pecado. Na realidade quando fazemos algo errado, normalmente fazemos as escondidas e em segredo e pensamos que ninguém sabe do nosso pecado. Até mesmo as palavras dos nossos pensamentos Ele conhece. No íntimo pensamos que estamos desapercebidos aos olhos de Deus – Isto é um engano.

        Terceiro -  Ele conhece a nossa dor, a nossa angústia, as nossas lágrimas e as nossas decepções. O nosso sofrimento não passa desapercebido aos olhos de Deus e Ele se compadece de nós. Ele quer apenas que o busquemos como alívio, auxilio , e refúgio. Ele sabe quando nos esforçamos ou quando somos negligentes em determinada situação. Ele sabe que temos limitações emocionais, físicas ou espirituais

Não podemos fugir de Deus – v7-11 Podemos nos esconder de todas as pessoas, mas não podemos nos esconder de Deus. Jonas quis fugir de Deus, e o Senhor o encontrou no convés de um navio em alto mar. Quem sabe você tem fugido de um chamado de Deus na sua vida. Não adianta fugir. Você não terá paz enquanto não atender e obedecer o chamado de Deus.

Queiramos ou não, todo poder no céu e na terra pertencem a Deus. O poder da vida e morte pertencem a Deus. Vivemos em um tempo que precisamos acessar o poder de Deus através da nossa fé, oração, clamor enquanto povo de Deus.

Então conheçamos, e prossigamos em conhecer ao Senhor;...”
 
Fonte/Autoria:

 
Publicado em 16/02/2016 às 11h01min

A IGREJA QUE DEUS TEM SONHADO





Temos ouvido e falado sobre a “Igreja dos nossos sonhos”. Mas pouco se ouve falar da “Igreja dos sonhos de Deus”. Existe uma imensa diferença e um abismo muito grande separando estas duas. Lembrando que não podemos simplesmente separar a Igreja que somos individualmente (que sou eu, que é você) da Igreja que somos quando estamos juntos vivendo em uma comunidade.

A Igreja não é apenas uma organização, ou uma comunidade dos escolhidos. Segundo a Bíblia somos uma nação santa, composta de sacerdotes reais, inserida como propriedade exclusiva de Deus e finalmente composta de pecadores que foram redimidos e lavados no sangue de Jesus. A igreja também é uma família.

Designa-se por família o conjunto de pessoas que possuem grau de parentesco entre si e vivem na mesma casa formando um lar.

O que dono da Igreja é Jesus (não sou eu e nem você). Quem dá as ordens na Igreja deveria ser Ele (não deveria ser eu ou você). As coisas que acontecem na Igreja deveria ser simplesmente uma vontade Dele sendo cumprida em nós. A Igreja ainda é: somos fermento (crescimento), somos sal (exortação), somos luz (caminho), bom perfume (qualidade de vida), somos conhecidos pelo amor (identidade e perdão). Esta é a Igreja modelo.

CANTARES 2:10-14 - É tempo de nós como Igreja tomarmos atitudes como tal.

V. 10 – LEVANTA-TE – Fique de pé em meio as pelejas, as adversidades e as mudanças globais. Fique de pé diante dos governos e governantes corruptos. Fique de pé, pois, quem morreu ressuscitou, prometeu que estaria conosco.

V. 14 – MOSTRE O TEU ROSTO – Como é o rosto da Igreja – Ef. 5:27 “para a apresentar a si mesmo Igreja glorioso, sem mácula, nem ruga, nem coisa semelhante, porém santa e sem defeito”. Não podemos ficar nos escondendo atrás de nossas dificuldades, o mundo que ver nosso rosto.

V.14 – FAZE-ME OUVIR A SUA VOZ – A Igreja é a boca de Deus na terra. Se nós calarmos as pedras clamarão e infelizmente estas pedras já estão clamando.

 É a hora de vivermos desafios. Nosso mundo está doente, enfermo, cambaleante. O mesmo mundo que está cheio, é o mesmo que se encontra vazio, solitário, inseguro, com fome e promiscuo. A maior necessidade do homem não passa pela inovação, pela tecnologia e muito menos pelo dinheiro, a maior necessidade é espiritual. Precisamos nos encontrar e deixar Deus fazer a vontade Dele e não procuramos fazer a nossa própria vontade.

 
Fonte/Autoria:

 
Publicado em 10/02/2016 às 11h42min

O amor rompe com os preconceitos – Lucas 7





Lemos a história de um fariseu chamado Simão, que convida Jesus à sua casa para uma refeição. Esse homem também convida um seleto grupo de líderes religiosos. Era claramente uma reunião religiosa. Simão e seus companheiros fariseus observavam e guardavam a lei, davam os dízimos meticulosamente e iam à casa de Deus todos os dias. Eram retos aos seus próprios olhos, e se imaginavam serem os homens mais santos de sua geração.

Algo importante a salientar é que, naquela cultura, era costume saudar todo convidado com uma bacia de água e um pano, para lavar o pó dos pés da visita. O convidado era saudado com um beijo de cada lado do rosto, e recebia um ungüento oleoso para passar nos cabelos.

Todos os convidados receberam as honrarias, até porque nenhum fariseu queria ter a reputação de não ser hospitaleiro. No entanto a passagem deixa evidente que Jesus não recebeu tal hospitalidade. Não houve água para lavar a poeira de Seus pés, nem beijo de cortesia na face, nem ungüento para a cabeça Lucas 7:44-46. Em vez disso, foi levado à uma mesa reclinada como um visitante menor, e teve de se reclinar em meio aos demais com os pés ainda empoeirados.

            Uma mulher das ruas, "pecadora", quebrou a cena. De algum modo essa mulher, já conhecida no meio, passou dentre os empregados e subiu até a mesa onde estavam religiosos. Lá ela chegou aos pés de Jesus, agarrada a um vaso de alabastro com perfume, e chorando. Simão e seus amigos ficaram abalados e paralisados. Eles reconheceram a mulher como sendo uma grande pecadora na cidade. "Que coisa embaraçosa, uma pecadora destas invadindo a “reunião de Jesus”. Estávamos conversando aqui sobre teologia, e de repente essa mulher de rua".

Mas Jesus leu a mente de Simão e disse: "Simão, uma cousa tenho a dizer-te" Luc. 7:40 e Cristo contou a Simão uma parábola sobre dois homens que deviam dinheiro a um credor: "Um lhe devia quinhentos denários, e o outro cinqüenta. Não tendo nenhum dos dois com que pagar, perdoou-lhes a ambos. Qual deles, portanto, o amará mais?" (Lucas 7:41-42). "Respondeu-lhe Simão: Suponho que aquele a quem mais perdoou" Luc. 7:43 Qual foi exatamente a mensagem de Cristo a esse fariseu? "É você que precisa perdão".

Somos Chamados a Restaurar os Caídos - Jesus se volta para a mulher e diz: "Por isso, te digo: perdoados lhe são os seus muito pecados, porque ela muito amou...A tua fé te salvou; vai-te em paz" Luc.7:47,50. Jesus estava revelando aqui porque Ele veio: para favorecer e restaurar os que caíram, os sem amigos, os derrubados pelo pecado. E está nos dizendo hoje: "Esse é o Meu ministério".

Não devemos julgar os que caíram, mas buscar restaurá-los e remover deles as repreensões e censuras. "Se algum homem chegar a ser surpreendido nalguma ofensa, vós, que sois espirituais, encaminhai o tal com espírito de mansidão; olhando por ti mesmo, para que não sejas também tentado" Gálatas 6:1

A verdade é que o pecado é a carga mais pesada do homem. Não podemos simplesmente fazer vistas grossas ou deixar passar o pecado nos outros. Mas há um modo de ajudar a sustentar os outros em suas cargas, e é a correção branda e amorosa. Devemos restaurar os irmãos arrependidos com brandura e amor.

 
Fonte/Autoria:

 
Publicado em 02/02/2016 às 11h58min

OS RELACIONAMENTOS DE JESUS





Deus tem falado com a sua igreja neste lugar. Não ignore a presença de Deus. Temos exemplos claros na vida de Jesus e de seus relacionamentos.

Ele se relacionou com enfermos – Mt 8:1-3 – a cura de um leproso – Ele tocou neste homem e o curou (ninguém tocava num leproso). Se relacionou com endemoninhados  Mt 8:16-17 – curando-o. Se relacionou com rejeitados e discriminados – Mt 9:19-22 – mulher com fluxo de sangue. Se relacionou com pecadores – Lc 7:48  - a pecadora que ungiu os pés de Jesus. Em todos estes relacionamentos pudemos perceber o amor e a misericórdia liberados aos necessitados.

Jesus agiu com amor, misericórdia e tolerância para com todos, mas com os religiosos ele não teve tolerância – ele os confrontou arduamente.

Não existe lugar pior do que quando começamos transformar a nossa adoração em um ritual religioso. Deus abomina quando estamos vivendo um cristianismo falso- apenas de aparência – sem frutos verdadeiros e eternos. Lc 18:9-14

Quem eram os religiosos.  Saduceus – extremamente autossuficientes – preocupados com a política – consideravam a palavra escrita e não acreditavam na ressurreição. Fariseus – empresários de classe média legalistas- queriam obedecer as tradições a risca da letra – criam na ressurreição. Publicanos – coletores de impostos do Império Romano

Quais as características de um religioso, independente de época?

ORGULHO – se acha melhor do que os outros – Lc 18:11 “ O fariseu, posto em pé, orava de si para si mesmo, desta forma: Ó Deus; graças de dou porque não sou como os demais homens, roubadores, injustos e adúlteros, nem ainda como este publicano” Quando nos tornamos religiosos, começamos a pensar que somos melhor do que o outro, que somos mais santos, mais justos. Jesus disse: “Considere cada um o outro superior a si mesmo” Quantos de nós gastamos todas nossas orações pedindo a Deus que mude nosso cônjuge, que mude nosso filho, que mude nosso pai e mãe, que mude nosso chefe. Queremos tirar o Cisco do olho do nosso irmão enquanto temos uma trave em nossos olhos. Tira primeiro a trave do seu olho para depois tirar o cisco do olho do irmão.

FALSA PERFEIÇÃO – v12 Jejuo duas vezes por semana e dou o dízimo de quanto ganho. Não somos justificados pelas nossas obras e sim pela nossa fé em Cristo Jesus que nos justifica. Mt 15:1-9 – é dizimista mas não honra o pai e a mãe . não cuida dos da sua família – não honra seu marido ou sua esposa. Não adianta cumprirmos toda a lei se não houver em nós o amor. Eu posso dar o meu corpo para ser queimado mas se eu não tiver amor de nada adiantará. Não adianta eu cantar se o meu coração não estiver ligado em Deus

FALTA DE MISERICÓRDIA – em tudo Jesus mostrou misericórdia para com o outro – por que Ele reconhecia as suas fraquezas, apesar de não ter pecado, Ele experimentou a fraqueza humana. Por isso temos um sumo sacerdote que intercede por nós, que se compadece de nós pois conhece nossas fraquezas , nossas mazelas.

Mas o RELIGIOSO não tem misericórdia porque ele se acha perfeito e não se coloca no lugar do outro. Quando nos tornamos religiosos não conseguimos PERDOAR

O perdão anda junto com o amor e a misericórdia. Precisamos sair de cima do muro. Precisamos buscar o fogo de Deus sobre nós. AP 3:15-16 “ Conheço as tuas obras, que nem és frio nem quente. Quem dera fosses frio ou quente! Assim, porque és morno e nem és quente nem frio, estou a ponto de vomitar-te da minha boca

 
Fonte/Autoria:

 
Publicado em 26/01/2016 às 09h37min

A inércia diante da presença de Deus – II Samuel 6:3-8





INÉRCIA - Falta de ação, falta de atividade, preguiça, indolência, torpor, resistência passiva

Para entendermos,  presença de Deus era representada no meio do povo pela Arca da aliança.Em uma batalha a Arca da aliança foi tomada e ficou de posse de seus adversários por grande período. I Samuel 4:11  Foi tomada a arca de Deus, e mortos os dois filhos de Eli, Hofni e Finéias.

I Samuel 4:22  “E falou mais: Foi-se a glória de Israel, pois foi tomada a arca de Deus” Estando lá, e não produzindo os benefícios que imaginavam os Filisteus chegaram à conclusão que deveriam devolvê-la.                       

I Samuel 5:8 Pelo que enviaram mensageiros, e congregaram a si todos os príncipes dos filisteus, e disseram: Que faremos da arca do Deus de Israel? Responderam: Seja levada a arca do Deus de Israel até Gate e, depois, de cidade em cidade. E a levaram até Gate.

A Arca da Aliança, ficou na casa de Abinadabe o levita e como guardião. Na casa de Abinadabe a Arca (presença de Deus) permaneceu em torno de 70 anos.

Até que um dia Davi, o novo rei de Israel intentou levá-la para a capital religiosa da nação Jerusalém. Em meio às ações tomadas para este fim, algo inesperado o carro tombou devido ao tropeço do animal, tentou segurá-la e no mesmo instante morreu por ter cometido tal ato.

Davi ficou muito temeroso de continuar com seu intento e reconduziu a Arca para a casa de outro levita chamado Obede-Edom. E lá algo muito importante aconteceu. “Assim, ficou a arca de Deus com a família de Obede-Edom, três meses em sua casa; e o SENHOR abençoou a casa de Obede-Edom e tudo o que ele tinha”. I Cr. 13:14

Apenas três meses foram suficientes para a história relatar o benefício que trouxe a presença de Deus a casa e tudo que tinha Obede-Edom.

Porque 70 anos não foram suficientes para que o mesmo acontecesse na casa de Abinadabe? Será que Deus mudou? Claro que não.

A grande diferença está em como vemos o mesmo Deus. A minha fé determina o tamanho do meu Deus. Se eu creio num Deus grande, poderoso, realizador de maravilhas, com certeza ele irá se manifestar.

Mas, se a minha fé aponta para um Deus impossibilitado diante das dúvidas, das incertezas, um Deus religioso que deve ser venerado mecanicamente, que não interage com o meio, que não tem vontade própria, que está inerte as necessidades de sua vida, dessa maneira gastaremos a vida sem que nada de diferente e especial aconteça. A decisão é tão somente sua.

Quantos anos mais precisarão para que descubra o benefício de se estar perto de Deus?

Deus não é um objeto para ser guardado. Busque-o de todo seu coração. Compartilhe com Ele suas alegrias, tristezas, necessidades e dúvidas. Torne-o participante de suas decisões e tenha a certeza que assim como Obede-Edom em muito pouco tempo, você verá o resultado em todas as áreas da sua vida.

 
Fonte/Autoria:

 
Publicado em 19/01/2016 às 11h49min

VASO DE BARRO ... VASO DE HONRA





2Tm 1:6 “ Por esta razão, pois te admoesto que reavives do dom de Deus que há em ti pela imposição das minhas mãos. “  “ Porque Deus não nos tem dado espírito de covardia , mas de poder, de amor e de moderação.

Paulo está exortando Timóteo para o despertar dos dom de Deus que havia nele.

Quero que lembres de CONSERVAR VIVO O DOM DE DEUS QUE VOCE RECEBEU quando coloquei as mãos sobre você.

Quando aceitamos a Jesus Cristo como Senhor e salvador da nossa vida, nós recebemos o Espírito Santo... e por sua vez os  seus dons...

2Co 4:6-10 “Temos porem ,ESTE TESOURO EM VASOS DE BARRO, para que a excelência do poder seja de Deus e não de nos.” Em tudo somos atribulados , mas não angustiados, perplexos mas não desanimados, perseguidos mas não desamparados, abatidos porém não destruídos ; Trazendo sempre por toda parte a mortificação do Senhor Jesus no nosso corpo para que a vida de Jesus se manifeste também em nossos corpos

SOMOS VASOS DE BARRO

O barro fala da nossa fraqueza, da nossa fragilidade. Somos atribulados .... porem não angustiados ( quando a angustia toma conta do nosso coração é porque o medo está maior do que a fé ). Somos perseguidos.... porem não desamparados

- somos abatidos .... porém não destruídosCOMO VASOS DE BARRO SOMOS FRACOS - somos quebráveis - somos sensíveis

- não temos beleza própria, não tem valor próprio.

TENHO ENTENDIDO QUE A NOSSA FRAQUEZA PROCEDE DE DEUS. - O poder de Deus só opera em nossas vidas através das nossas fraquezas. Quando somos fortes com nossa força humana desprezamos a ajuda de Deus.

O Apostolo Paulo pode entender muito bem isto:

A nossa fraqueza humana é a única chance de Deus agir verdadeiramente na nossa vida. Nossa limitação e fragilidade não tem poder de nos impedir de SERMOS USADOS POR DEUS COMO VASO DE HONRA. SOMOS VASOS DE BARRO, MAS FOMOS CRIADOS PARA SERMOS VASOS DE HONRA.

AS FRAQUEZAS NÃO NOS IMPEDE DE SERMOS VASOS DE HONRA MAS AS IMPUREZAS SIM

E Paulo enumera algumas coisas que o vaso de honra no deve ter

V 14” Traze estas coisas á memória ordenando-lhes diante do Senhor que não tenham CONTENDA DE PALAVRAS ( EX tem pessoas que dão a vida por uma discussão, querem mostrar que sabem mais, que estão certas. EU PREFIRO SER FELIZ DO QUE ESTAR CERTO.

V 16 “Mas evita FALATORIOS INÚTEIS, porque produzirão maior impiedade.”

V22 ”FOGE DOS DESEJOS DA MOCIDADE”

V 22 “segue a fé, a justiça, o amor, a paz, com um coração puro”.

V 23 “Rejeita as questões insensatas e absurdas (fofocas na família, igreja, trabalho)”.

V 25 ”DISCIPLINANDO COM MANSIDÃO OS QUE SE OPÕEM, na expectativa de que Deus lhes conceda não só o arrependimento para conhecerem plenamente a verdade, mas também o retorno a sensatez, livrando-se eles dos laços do diabo, tendo sido feitos cativos por ele para cumprirem a sua vontade.

 
Fonte/Autoria:

 
Publicado em 13/01/2016 às 10h50min

Nossa posição espiritual em Deus - Romanos 8.31-39





Humanamente, falando, somos totalmente, diferentes um dos outros. Cada um tem a sua impressão digital, um DNA, famílias diferentes, culturas diferentes, influências diferentes, estados, bairros diferentes e até países diferentes. Alguém que tenha uma posição social, política, intelectual, material privilegiada, sempre desfrutará de vários benefícios advindos de tal posição. Uma pessoa famosa em geral sempre terá o privilégio de ser recebido com honra onde quer que vá. Uma pessoa que possui uma posição financeira privilegiada sempre poderá desfrutar de fazer maravilhosas viagens para vários lugares do mundo. Mas qual é a nossa posição diante de Deus? Em Cristo todos nós temos a mesma posição espiritual.

Ninguém pode ser contra os que estão em Deus –v. 31,32 “Que diremos, pois, à vista destas coisas?” Que coisas são estas? Cristo nos libertou (v.2), o Espírito de Deus habita em nós (v.9), nossos corpos serão ressuscitados (v. 11), somos filhos de Deus e, portanto, herdeiros (v.17), o Espírito Santo intercede por nós (v. 26).Diante de tantas bênçãos descritas, “Se Deus é por nós, quem será contra nós?”. Se Deus se dispôs a ponto de nos dar o que tinha de mais precioso, ou seja, o seu Filho, não haverá de ser por nós? Não estará conosco? Não nos dará tudo o de que tivermos necessidade? Ninguém poderá contra nós.

Ninguém pode acusar-nos – v. 33  Quem intentará acusar, incriminar, culpar aqueles que estão em Cristo, aqueles a quem Deus elegeu? A resposta é “ninguém”. Todavia, temos um acusador, Satanás. Ap 12.10 “Então, ouvi grande voz do céu, proclamando: Agora, veio a salvação, o poder, o reino do nosso Deus e a autoridade do seu Cristo, pois foi expulso o acusador de nossos irmãos, o mesmo que os acusa de dia e de noite, diante do nosso Deus.” Portanto, precisamos conhecer e crer em nossa posição espiritual em Cristo para que o inimigo não encontre ocasião em nós! Por que ninguém pode acusar-nos? Porque somos eleitos de Deus. Se conhecermos e crermos nestas verdades, Satanás não terá sucesso em suas investidas contra nós. Se crermos que somos eleitos de Deus e que fomos justificados por Ele, ninguém pode te acusar! Fomos regenerados.

Ninguém pode condenar-nos – v. 34  Rm 8.1 “Agora, pois, já nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus.” No campo jurídico, primeiro deve haver uma acusação formal, para depois de provada a culpa haver a condenação. Portanto, se ninguém pode nos acusar, muito menos poderá nos condenar! Por que ninguém pode nos condenar? Porque Jesus morreu por nós (v. 34) e através da sua morte cancelou o escrito de dívida que era contra nós (Cl 2.13,14).

Espiritualmente nós também estamos em Cristo assentados nos lugares celestiais    (Ef 2.6;).Se você está em Cristo, ninguém pode te condenar!

Ninguém pode separá-los do amor de Cristo – v. 35-39 Se ninguém pode ser contra, nem acusar e nem condenar, muito menos poderá separá-los de Cristo!

O que supostamente poderia nos separar do amor de Cristo? Dificuldades? (v. 35,36) Dificuldades não podem nos separar do amor de Cristo, muito pelo contrário, “em todas estas coisas, porém, somos mais do que vencedores … (v. 37).Nada, absolutamente nada pode nos separar do amor de Deus que está em Cristo Jesus.Se estamos em Cristo, nada poderá separar-nos do seu amor.

Aproprie-se de sua posição espiritual em Cristo Jesus e desfrute de todos os privilégios que esta posição nos concede. Nunca perdemos a categoria dada por Deus de uma posição espiritual. Rm 11:29 “porque os dons e a vocação de Deus são irrevogáveis”.

 
Fonte/Autoria:

 
Publicado em 07/01/2016 às 11h21min

A BENÇAO DE DEUS - Nm 23:4-30; 24:1-9





Que valor tem a bênção de Deus em nossas vidas? A Palavra de Deus nos afirma que através de Jesus Cristo, nos tornamos filhos de Deus e assim temos a BÊNÇÃO DE DELE SOBRE NÓS.

Temos a mesma bênção que foi liberada sobre Abraão.

Gn 12:2-3 “De tí farei uma grande nação, e te abençoarei, e engrandecerei o nome. Sê tu uma bênção. Abençoarei os que te abençoarem e amaldiçoarei os que te amaldiçoarem; em ti serão benditas todas as famílias da terra.

Gl3:9 “Os da fé são abençoados com o crente Abraão.

Então com segurança podemos dizer: “Eu tenho a Benção de Deus sobre minha vida e todos que me abençoarem serão abençoados e aqueles que falarem mal de mim e me amaldiçoarem serão amaldiçoados”

A minha família é bendita, e abençoada, pois eu tenho a benção que Deus liberou sobre Abraão. Então eu tenho o poder de abençoar as pessoas.

Temos a bênção de Deus, mas, podemos viver sob o jugo da maldição quando nos distanciamos de Dele e da sua palavra.

Dt 30:19 “Os céus e a terra tomo , hoje, por testemunhas contra ti, que te propus a vida e a morte, A BÊNÇÃO E A MALDIÇÃO; escolhe , pois, a vida, para que vivas, tu e a tua descendência, amando o Senhor , teu Deus, dando ouvidos à sua voz e apegando-te a ele; pois disto depende a tua vida e a tua longevidade.” Aqui neste texto Deus fala sobre a abrangência da bênção e ela depende da nossa fidelidade à sua Palavra.

Bendito o fruto do teu ventre = os teus filhos. Bendito o teu cesto e a tua sementeira = sua vida financeira. Bendito sobre os seus inimigos = a vitória sobre as tribulações.

O que estamos fazendo da Bênção de Deus?

Gn 25:27-34 “Esáu estava com fome e pediu comida para seu irmão Jacó . E Jacó, muito esperto disse: eu te dou da minha comida se você  me der o Direito da tua primogenitura.E respondeu Esaú: estou a ponto de morrer; de que me aproveitará o direito de primogenitura... Então Jacó disse: Jura-me primeiro. Ele jurou e vendeu o seu direito de primogenitura a Jaco.

O que significa aqui o direito da primogenitura? Porção dobrada dos bens da família. O sucessor do trono. A consagração a Deus

Esaú, por um prato de comida abriu mão de uma bênção especial de Deus.Mas nos também muitas vezes abrimos mão da Benção de Deus em detrimento aos prazeres momentâneos que a vida e os amigos nos oferecem. O que você tem feito com a benção de Deus na sua vida?

Nós os filhos de Deus temos algo poderoso sobre nós, temos a bênção de Dele. Assim temos o poder de abençoar e espalhar por todos os lugares que estivermos estas bênçãos. Sê tua uma bênção, pois esta bênção está sobre nós. O nosso trabalho será abençoado, pois, temos o poder de abençoar. Nossa família será abençoada, pois, somos abençoados. Sua escola, professores e colegas serão abençoados, pois,  somos embaixadores da bênção de Deus.

 
Fonte/Autoria:

 
Publicado em 14/12/2015 às 10h55min

SER UM ATALAIA Ez.33:7-11





Atalaia - quer dizer sentinela, vigia, guarda. A maioria das cidades além dos muros que as cercavam, eram também protegidas por estes homens, que muitas vezes davam as suas vidas em favor de outros que nem conheciam. Este guarda ficava em um lugar elevado onde se tinha uma visão de toda a cidade e até mesmo de uma região. Eles avisavam do perigo eminente.

Assim como o Atalaia deveria advertir a cidade do perigo tocando a trombeta, nós também temos esta tarefa dentro dos nossos lares, Igreja, Trabalho. Atalaias são necessários porque o inimigo age constantemente e sem avisar. (como um ladrão).

Mt. 13:25-28 “Propôs-lhes outra  parábola, dizendo: O   reino   dos   céus  é  semelhante ao homem que semeou boa semente no seu campo;mas, enquanto os homens dormiam, veio  o  inimigo  dele,  semeou joio no meio do trigo, e retirou-se. Quando, porém, a erva cresceu e começou a espigar, então apareceu também o joio. Chegaram, pois, os servos do proprietário, e disseram-lhe: Senhor, não semeaste no teu campo boa semente?   Donde, pois vem o joio? Respondeu-lhes: Algum inimigo é quem fez isso.  E os servos lhe disseram: Queres, pois, que vamos arrancá-lo?”

Existe um perigo que não podemos excluir de nosso meio que é o Atalaia infiel.

Is 56:10 “Todos os seus atalaias são cegos, nada  sabem;  todos  são  cães  mudos, não podem ladrar; deitados, sonham e gostam de dormir.”

O Atalaia em hipótese alguma pode ser cego (espiritual) Não pode ser mudo e não pode ser preguiçoso. Pense em um cão de guarda bravo que não enxerga, não late e dorme a noite inteira. Qual seria a serventia dele?

Mas DEUS tem reservado para nós Atalaias fiéis:

Is 62:6 “O Jerusalém, sobre os teus muros pus atalaias, que não se calarão nem de dia, nem de noite; ó vós, os  que  fazeis   lembrar   ao  Senhor, não descanseis,”

01 – Quais são as responsabilidades do Atalaia? Ele deve ouvir. Palavra V.7b

Precisa discernir aquilo que DEUS nos fala, e quando ouve deve transmitir exatamente como tal.V.6 Advertir seus ouvintes dos seus erros falhas V.8.

Quantas vezes estamos vendo em nossas casas, ou com os nossos filhos, ou em nossas Igrejas, erros e falhas e estamos calados ( somos Atalaias?). A advertência de um Atalaia é igual uma ordem de conversão. A conversão do erro para um acerto ou do mundo para DEUS é um ato obediência, e é uma obra do homem. Mas o resultado da conversão, ou seja, o novo nascimento é obra do ESPÍRITO SANTO.

02 – O atalaia anuncia a graça - Atos 15:11a – Atos 20:32 Romanos 3:24

Quem ouve o chamado e vem, salva a sua alma e a dos que estão à sua volta.

Somos Atalaias e pôr isso devemos falar:QUEM TEM OUVIDOS OUÇA .

 

 
Fonte/Autoria:

 
Publicado em 07/12/2015 às 10h00min

O trabalho infrutífero – Isaías 49:4/14-15





Olhamos para a vida e sobre o que já passou e nos deprimimos com as expectativas de que muitas vezes falhamos. Sentimos que não realizamos muito, e à medida que o tempo passou observamos que poderíamos ter feito mais. Durante anos oramos e oramos, mas as coisas que acreditamos em Deus parecem que não se realizaram. Por outro lado, muitos que nos cercam parecem ter tudo, desfrutando do cumprimento de muitas promessas - mas nós carregamos uma sensação de fracasso. Olhando para o passado nos lembramos dos momentos difíceis. Rejeição, incapacidade e fraqueza. Finalmente chegamos um momento quando dizemos: "Me esforcei por nada”. “O trabalho foi infrutífero". "Erramos o alvo”; “A minha vida não fez diferença alguma no mundo". Se você está passando por essa sensação, então está em boa companhia, está entre gigantes espirituais.

O profeta Elias gemeu: "Ele mesmo, porém, se foi ao deserto, caminho de um dia, e veio, e se assentou debaixo de um zimbro; e pediu para si a morte e disse: Basta; toma agora, ó SENHOR, a minha alma, pois não sou melhor do que meus pais.” I Reis 19:4 

O rei Davi - Ficou desanimado que queria bater asas em direção a um lugar isolado. "Quem me dera asas como de pomba! Eis que fugiria para longe e ficaria no deserto" Sal 55:6-7

O apóstolo Paulo tremeu de medo ao pensar ter vivido uma vida como obreiro inútil, "Receio de vós tenha eu trabalhado em vão para convosco" Gál. 4:11

Algumas pessoas tidas como muito “espirituais” podem dizer: Os grandes homens de Deus não deveriam usar uma linguagem dessas.  Eles não deveriam nem ter esse tipo de sentimentos. Isso soa como medo e incredulidade.  No entanto essa é a linguagem de muitos gigantes da fé. Todos eles tiveram o mesmo horrível sentimento de que "Não consegui chegar àquilo que Deus me chamou”.

Qual seria então o propósito de nossas vidas? Precisamos entender que todos nós somos chamados a um propósito e a um ministério. Somos chamados a crescer. Não podemos ser um simples cristão. Precisamos ser libertos de todo egoísmo, de toda ambição humana, de toda inveja, impaciência, ira, e da atitude de pensar mal dos outros. Devemos ser tudo aquilo que a Palavra nos diz para sermos: andar em fé e em amor. Salmos 130:6  Salmos 143:6

Por que então esfriamos? A resposta sempre é a mesma: "Eu fiz o possível. Orei, li a Bíblia. Fui à igreja, e testemunhei para os meus amigos. Me esforcei ao máximo para viver de modo reto. Mas nunca recebi o milagre que eu precisava. As minhas orações não eram respondidas, e não era liberto. Depois de tudo isso, acabei derrotado. Eu não conseguia tirar da minha cabeça a coisa de que não adiantava, que a minha carne não iria mudar nunca. E que era perda de tempo. “Eu sentia que tudo que fizera fora em vão".

Há Duas Coisas que precisamos observar: Primeiro - Isaías 49 diz que o Senhor conhece a sua batalha. Ele a lutou antes de você. E não é pecado ter pensamentos assim, ou ver-se deslocado com um sentimento de fracasso diante de tais experiências. Segundo - é muito perigoso permitir que essas mentiras do inferno infectem e incendeiem a sua alma. Jesus nos mostrou como sair desse desânimo com a seguinte declaração: (Isaías 49:4). Em hebraico a palavra direito aqui é "veredicto". Cristo está dizendo: "O veredicto final está com o meu Pai.” “Somente Ele julga tudo que fiz, e se fui eficiente ou não".Deus está dizendo o seguinte para nós: Pare de emitir veredictos em relação ao teu trabalho para Mim. Não é da sua conta julgar se foi eficiente ou não. Você ainda não sabe o tipo de influência que teve. “Você simplesmente não tem a visão para conhecer as bênçãos que lhe estão chegando". Na verdade, não conheceremos muitas destas coisas enquanto não estivermos diante dEle na eternidade. Em Isaías 49, Jesus ouve o Pai dizendo com todas as letras:Enquanto o Diabo está mentindo, dizendo que tudo que você fez foi em vão, que nunca verá cumpridas as suas expectativas, Deus em Sua glória está preparando uma bênção maior. Ele tem coisas melhores preparadas, acima de qualquer coisa que você possa imaginar ou pedir. Não devemos mais ouvir as mentiras do inimigo. Pelo contrário, devemos descansar no Espírito Santo, crendo que Ele cumprirá a obra de tornar-nos mais como Cristo. E devemos nos erguer e nos sustentarmos sobre essa palavra: "Sede firmes e constantes, sempre abundantes na obra do Senhor, sabendo que o vosso trabalho não é vão no Senhor"  I Coríntios 15:58. Chegou a hora da abundância em seus trabalhos. O Senhor está lhe dizendo: "Esqueça e abandone essa ideia de fracasso”. Está na hora de voltar para a obra. Nada foi em vao! Há muita coisa chegando para ti - então pare com esse abatimento e alegre-se. EU não deixei você pra trás.1 Cor. 2:9  mas, como está escrito: Nem olhos viram, nem ouvidos ouviram, nem jamais penetrou em coração humano o que Deus tem preparado para aqueles que o amam.

 
Fonte/Autoria:

 
Publicado em 01/12/2015 às 10h02min

Estresse





Mateus 6:25  Por isso, vos digo: não andeis ansiosos pela vossa vida, quanto ao que haveis de comer ou beber; nem pelo vosso corpo, quanto ao que haveis de vestir. Não é a vida mais do que o alimento, e o corpo, mais do que as vestes?

Filipenses 4:6 Não andeis ansiosos de coisa alguma; em tudo, porém, sejam conhecidas, diante de Deus, as vossas petições, pela oração e pela súplica, com ações de graças.

O que é estresse? Esta palavra que foi emprestada da engenharia e que define a pressão máxima (stress) que um organismo aguenta sem se deformar.

Nos dias dia hoje o significado é: desequilíbrio corpo/mente, resultante da tentativa de adaptação ás pressões internas e externas. É com um elástico prestes a se arrebentar.Exemplo: quando você chuta uma bola com força esta sofre uma deformação, mas logo volta ao normal.Entretanto se você se assentar sobre ela e permanecer muito tempo ela tende a fica oval.

Este exemplo mostra dois tipos de stress:

1- Stress momentâneo - vital que nos coloca em alerta.

É como se você estivesse fugindo de um perigo(cachorro, touro)

2- Stress constante – é aquele que provoca abalos em nossa estrutura orgânica e mental. Geralmente as pessoas que rodeiam os “stressados” dizem: “tenha mais fé e confiança em Deus”, “Controle melhor o seu temperamento”.

Estas indagações de toda não estão erradas, mas precisamos acima de tudo ver qual é a causa deste stress. Pode ser falta de fé, pode ser falta de autocontrole, mas pode ser também uma doença já instalada, que precisa ser tratada.

Qual a porta de entrada do estresse? Imagine que você alimente constantemente seu cérebro com informações negativas (mágoas, perdas, prejuízos, ameaças, más notícias). Nosso cérebro não sabe distinguir entre uma ameaça real ou uma imaginária.

Exemplo: Ao sonhar que está sendo perseguido as batidas do coração aceleram-se, é como se você realmente estivesse fugindo. O cérebro captou a ameaça, descarregou adrenalina na corrente sanguínea e preparou seu organismo para correr sem olhar para trás. O cérebro não sabia que se tratava de um sonho, mandou o coração bombear mais rápido, e o coração obedeceu. É isto o que tem ocupado nosso dia a dia.

Existem Soluções passageiras - Uns dizem: aprenda a conviver com a pressão e tome providência para que os efeitos sejam amenizados. Fácil Né !!!!

Outros dizem: discipline sua vontade, cuide do corpo, controle a mente, equilibre as emoções, justamente estas áreas que são as mais afetadas. Estas soluções ajudam, mas não resolvem o problema.

O que fazer? - Fil. 4:8Finalmente, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é respeitável, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se alguma virtude há e se algum louvor existe, seja isso o que ocupe o vosso pensamento.” Porque pedimos para que os irmãos leiam a Bíblia, para fecharmos as portas do stress. Quando você está focado na palavra, todos os dias têm notícias boas, todos os dias tem milagres, todos os dias tem ânimo, todos os dias tem esperança. Dependência.

Salmos 37:5 -8 Entrega o teu caminho ao SENHOR, confia nele, e o mais ele fará. Fará sobressair a tua justiça como a luz e o teu direito, como o sol ao meio-dia. Descansa no SENHOR e espera nele, não te irrites por causa do homem que prospera em seu caminho, por causa do que leva a cabo os seus maus desígnios. Deixa a ira, abandona o furor; não te impacientes; certamente, isso acabará mal.”

 

ENTREGA - CONFIA – ESPERA – DESCANSA – NÃO SE IMPACIENTES.

 
Fonte/Autoria:

 
Publicado em 24/11/2015 às 09h07min

O descanso no Senhor - Sl 30 :3





Surpreendidos pelas garras da morte, muitos estão descendo á sepultura, oprimidos por uma existência sem desejos, imobilizados por estranhas forças invisíveis, tais como: medo, a paranoia, o pânico a depressão.

O salmista revela que apenas o Criador da alma humana pode abrir terríveis prisões da morte, arrancar a nossa alma da cova, resgatando nossa capacidade emocional de experimentar o seu favor. Quanto mais nos afastamos de Deus, mais nos tornamos enfermos.   Invariavelmente a dor é o sintoma de alguma desordem. Essa é uma verdade simples , quando uma mensagem da dor é devidamente correspondida e não suprimida ou negligenciada , as coisas voltam ao normal. É isso que o salmista afirma dizendo: “Porque a sua ira dura só um momento no seu favor esta a vida”

O sofrimento é uma realidade universal, porem o salmista explica que existe um limite para a tristeza: “O choro pode durar uma noite mas a alegria vem ao amanhecer. O problema é quando o choro ao invés de durar uma noite, começa a durar por noites, semanas , meses...

A Dor aponta para as feridas que precisam ser curadas e também estruturas que precisam ser reparadas em todas as esferas da existência humana. A dor nos ajuda a entender o que esta em desordem e nos empurra em direção a cura.

A bíblia adverte que a preguiça faz com que sejamos surpreendidos pela miséria. A falta de iniciativa além de inibir as oportunidades da vida, faz adoecer a alma. É no campo da ociosidade que Satanás semeia seus mais terríveis designo, encarcerando a vontade humana. A ociosidade, a indiferença, a falta de iniciativa , o comodismo e a apatia são sintomas de morte das emoções, indicando que estamos perdendo a nossa sensibilidade em relação a vida, as pessoas e aos relacionamentos.

Por sua vez, de acordo com as estatísticas, mais de dois terços das pessoas estão estressadas nas sociedades atuais. Embora exista um estresse saudável que nos estimula a sonhar, lutar, planejar e enfrentar cotidianos, muitos estão se lançando numa arena de tanta competição e ansiedade que encontram a fadiga.

O descanso é uma das necessidade mais essenciais da vida. Sl 127:2 “ Inútil vos será levantar de madrugada , repousar tarde comer o pão das dores, pois ele supre aos seus amados enquanto dormem.” Aqui o salmista explica de forma simples e perfeita o principio da renovação, dizendo que o Senhor “supre aos seus amados enquanto dormem”

Não existe intimidade com Deus sem descanso. Se você for a Jesus com disposição de aprender a mansidão, sua alma certamente terá um descanso.

É fundamental aprendermos a disciplina da entrega. A alma precisa ser educada no principio da cruz. “somos viciados na opressão e estresse” Não adianta guardar um dia de folga religiosamente se convivemos a cada momento com a amargura, com ansiedade, amargura medo e tantas outras formas internas de desgaste. O descanso não é uma atitude irresponsável, pelo contrario é o resultado de um trabalho árduo de domínio próprio.

 
Fonte/Autoria:

 
Publicado em 17/11/2015 às 10h33min

VENHA O TEU REINO





Mt 6:9-10 “ Portanto , vós orareis assim: Pai nosso, que estás nos céus, santificado seja o teu nome; venha o teu reino...”

 

O povo de Israel perdeu a primeira vinda de Jesus porque estavam esperando um Messias – Rei. Um homem forte com autoridade para libertar Israel do Império Romano. Chega Jesus na figura de um Cordeiro indo para o sacrifício. O povo esperava um Rei montado em cavalo acompanhado com um grande exército... e chega Jesus e entra em Jerusalém montado em um jumento. Eles não conseguiram ver em Jesus um Rei. No máximo alguns creram, ao vê-lo pendurado na cruz, que o Filho de Deus morreu para nos salvar. Mas o título de Rei não combinava com aquele homem tão fragilizado na cruz.

Quando olhamos para a cruz podemos ver duas figuras de Jesus:

SALVADOR = O Filho de Deus que morreu em nosso lugar, para nos libertar de Satanás.

REI = O Filho de Deus como Rei dos Reis, Senhor dos Senhores. (Pilatos mandou escrever numa placa em todas as línguas daquela época: Mt 27:37 “ este é Jesus, o Rei dos Reis.”

Hebreus 9:28 “ assim também Cristo morreu uma vez só como uma oferta pelos pecados de muita gente; e Ele virá de novo, porém não para tratar dos nossos pecados novamente. Desta vez Ele virá trazendo salvação a todos quantos estão ansiosos e pacientemente esperando por Ele.”

 Nós temos estado no caminho oposto aos judeus. Estamos muitos felizes em ter Jesus como Nosso Salvador, mas resistimos em recebê-lo como Rei. Jesus é o nosso Salvador.    Col 1:13 “ Ele nos libertou do império (reino) das trevas e nos transportou para o REINO DO FILHO DO SEU AMOR, no qual temos a redenção, a remissão dos pecados.”

Venha o teu Reino - A palavra diz que aquele homem que entrou em Jerusalém montado em um Jumento, caminhou para cruz como um Cordeiro, voltará novamente montado em um Cavalo Branco , como um Leão que ruge. Ap 19:11-16

E Jesus nos ensinou a orar: venha o teu reino, faça-te a tua vontade, assim na terra como no céu. Como Salvador Jesus teve que descer ao inferno e quebrar as Fortalezas de Satanás. Agora Ele precisa quebrar as nossas fortalezas para reinar em nossas vidas.

Um Rei para Reinar precisa Estabelecer o seu reinado, precisa de servos para Servi-lo e para Jesus ser nosso Rei, a vontade Dele tem que ser feita como no céu.

Jesus precisa achar uma forma de entrar e destruir nossas fortalezas e só existe um caminho – arrependimento. Quando João começou a pregar e dizia: Arrependei-vos porque está próximo o Reino de Deus. Quando Jesus começou a pregar Ele dizia: Arrependei-vos porque está próximo o Reino de Deus. Arrepender = reconhecer o seu mau caminho, quebrantar o coração, chorar, clamar, humilhar-se, abrir mão do senhorio da sua vida e dizer: Venha estabelecer o Teu reinado em nossas vidas. (casamento, filhos, Igreja, Nação.) Eu me rendo.